Bolsonaro corrige fake news de apoiadores sobre… Lula

Durante conversa com simpatizantes, Bolsonaro disse que desconhecia suposta lei que rival petista teria criado para permitir incesto no país

atualizado 25/11/2021 16:21

agenda presidente jair bolsonaro Evento de lançamento do Programa Nacional de Crescimento Verde no Palácio do Planalto 16Igo Estrela/Metrópoles

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) corrigiu apoiadores que o questionaram, nesta quinta-feira (25/11), sobre uma suposta lei que permite o incesto no Brasil, que teria sido criada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Durante conversa com simpatizantes, no Palácio da Alvorada, Bolsonaro disse que desconhecia a medida.

“Liberou o incesto? Eles já falaram no passado aqui, mas não chegou a ter projeto nesse sentido, não”, respondeu o presidente.

Os apoiadores insistiram na existência da lei e disseram que o ato foi implementado pelo petista, maior rival do atual chefe do Executivo federal. O presidente então pergunta a pessoas da sua equipe se elas têm conhecimento do texto.

“Lei de 2010 aprova incesto? Não, não. Eu desconheço. […] Vamos criticar com conhecimento”, afirmou Bolsonaro.

Veja o momento:

Mais lidas
Últimas notícias