Pai é acusado de quebrar o fêmur de filho de 11 meses em briga

O bebê foi encaminhado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI), onde passou por procedimento ortopédico. O pai foi preso

atualizado 27/11/2019 16:40

Divulgação/ Polícia Civil

Um homem foi preso, nesta quarta-feira (23/11/2019), sob suspeita de quebrar o fêmur do próprio filho, de 11 meses, durante uma briga com a companheira, em Nova Iguaçu, Rio de Janeiro. De acordo com informações do jornal O Dia, Claudinei Lourenço Costa da Silva foi indiciado pelo crime de tortura.

A Polícia Civil informou que, durante a briga, Claudinei pisou na perna do bebê e fraturou o osso da criança. O homem ainda tentou esconder as lesões.

A prefeitura de Nova Iguaçu afirmou que a criança deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com sinais de agressão na perna e um corte no lábio. Após uma radiografia, foi descoberta a fratura do fêmur.

O bebê foi encaminhado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI), onde passou por procedimento ortopédico. O estado de saúde do menor é estável.

Últimas notícias