*
 

Enviada especial a Curitiba (PR) — Cerca de 200 manifestantes e simpatizantes do ex-presidente Lula estão, desde o início da manhã deste sábado (7/4), em frente à sede da Polícia Federal do Paraná, em Curitiba. Durante a tarde, o local se transformou em um verdadeiro acampamento. Até banheiro químico foi colocado no local. Por volta das 15h, marmitas começaram a ser distribuídas.

Fartaa, a alimentação é distribuída gratuitamente para os militantes. Uma barraca da Central Única dos Trabalhadores (CUT) foi montada e é onde estão as quentinhas. As marmitas trazem macarrão, arroz e frango frito.

Água gelada também não falta — faz calor em Curitiba, cerca de 25ºC agora à tarde, mas a temperatura deve voltar a cair no início da noite. Até lá, os manifestantes esperam que o ex-presidente já tenha chegado. A expectativa ainda é que, com o passar do dia, mais sindicalistas e simpatizantes cheguem ao local.

Após um apoiador do juiz Moro ser expulso, a Polícia Militar do estado separou os dois grupos. Na parte de trás da PF, cerca de 50 pessoas que defendem a prisão do ex-presidente estão reunidas.

 

 

COMENTE

prisão de Lula
comunicar erro à redação

Leia mais: Brasil