Spoofing: Glenn pede à Justiça que rejeite denúncia do MPF

Jornalista americano foi denunciado pelo MPF por associação criminosa e interceptação telefônica

Igo Estrela/Metrópoles

atualizado 23/01/2020 11:09

O jornalista Glenn Greenwald, um dos fundadores do site The Intercept Brasil, pediu à Justiça Federal que não aceite a denúncia apresentada contra ele pelo Ministério Público Federal (MPF).

Revelada pelo portal G1, a petição corre em segredo de Justiça.

Segundo a reportagem, o pedido foi apresentado nesta quarta-feira (22/01/2020) à 10ª Vara Federal Criminal do Distrito Federal.

O repórter norte-americano foi denunciado pelo MPF na última terça-feira (21/01/2020), suspeito de orientar grupo criminoso que invadiu celulares de autoridades.

Glenn foi denunciado pelos crimes de associação criminosa e de interceptação telefônica.

Greenwald, contudo, não era alvo das investigações por causa de medida cautelar proferida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, que proibiu apurações sobre a atuação do denunciado.

Últimas notícias