Goiás: duas crianças, de 2 e 5 anos, morrem de Covid em dois dias

José Vitor, de 2 anos, não tinha comorbidades. Marcos Jhon, de 5 anos, tinha atraso no desenvolvimento neuropsicomotor e faleceu em casa

atualizado 27/01/2022 12:42

José Vitor Xavier Rodrigues, de 2 anos, e Marcos Jhon Marcques da Silva, de 5 anos, vítimas da Covid em Goiás Reprodução

Goiânia – Em um intervalo de dois dias, Goiás registrou mortes de duas crianças em decorrência de complicações geradas pela Covid-19. Na terça-feira (25/1), faleceu José Vitor Xavier Rodrigues, de apenas 2 anos, em Morrinhos, no sul goiano. E no dia seguinte, nessa quarta-feira (26/1), faleceu Marcos Jhon Marques da Silva, de 5 anos, em Santa Helena de Goiás, sudoeste do estado.

José Vítor não possuía comorbidades e morreu por causa de uma insuficiência respiratória aguda, provocada pela Covid, segundo o Núcleo de Vigilância Epidemiológica de Morrinhos. De acordo com a prefeitura, ele chegou a ser intubado, mas sofreu paradas cardíacas e não resistiu.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
0

O caso dele será investigado pela Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SESGO), antes de entrar na estatística oficial. O órgão de Saúde local informou que ele começou a apresentar quadro febril, garganta inflamada e sintomas gripais no dia 17/1, na creche municipal.

A diretora comunicou a família, assim que constatou a febre na criança, e José Vítor foi levado para casa. Ele ficou uma semana de repouso, até se recuperar, e retornou às atividades no local nessa segunda-feira (24/1). Até então, ele não havia sido testado para Covid-19.

No início do dia, o garoto não teve febre, mas, no decorrer das atividades na creche, ele começou a tossir e levar a mão ao peito. A família o levou até um hospital particular e a médica que o atendeu decidiu pela internação imediata. José Vitor foi transferido para o hospital municipal de Morrinhos, onde chegou em estado grave.

O teste de Covid foi feito no local e deu positivo. Horas depois da internação, ele sofreu uma parada cardíaca e faleceu.

Criança de 5 anos faleceu em casa

O outro caso registrado em Goiás, no dia seguinte à morte de José Vitor, foi de Marcos Jhon Marques da Silva, de 5 anos. Ele testou positivo para Covid, segundo familiares, e começou a passar mal no sábado (22/1). Ele tinha atraso no desenvolvimento neuropsicomotor e sofria ataques epiléticos.

No dia em que apresentou os primeiros sintomas, Marcos foi levado até uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em Santa Helena de Goiás, e depois foi transferido para o Hospital Estadual de Urgências da cidade (Hurso). A criança foi atendida e liberada horas depois para retornar com os pais para casa.

Na manhã dessa quarta-feira, no entanto, por volta das 7h, a mãe percebeu que o filho não estava se mexendo. Ela chamou ajuda, mas Marcos havia sofrido uma parada cardiorrespiratória. Ele foi levado, novamente, para o Hurso, mas já chegou sem sinais vitais ao local.

A vacinação de crianças em Santa Helena de Goiás ainda não atingiu o público com idade igual a de Marcos Jhon. Nesta quinta-feira (27/1), estão sendo imunizadas crianças com idade entre 8 e 11 anos.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

Goiás tem 11 crianças na UTI com Covid

Os leitos pediátricos de UTI para atender pacientes com Covid-19 na rede estadual de saúde estão com 11 crianças internadas, em Goiás. Além disso, outras 15 estão hospitalizadas nos leitos de enfermaria disponibilizados pelo estado para atender esse público.

Desde o início da pandemia, a SESGO já confirmou 41 mortes de crianças abaixo de 10 anos em Goiás, em decorrência da Covid-19. Outras 17, entre 10 e 14 anos, também já foram registradas e confirmadas pela secretaria.

Até esta quinta, o estado, que vive um aumento expressivo de novos casos da doença, registrando recordes diários de notificações, nesta semana, já contabilizou 24.970 mortes ocasionadas por Covid, desde o início da pandemia.

A vacinação avança em Goiânia e nas cidades do interior, conforme a chegada das novas doses da vacina. Na capital, crianças de 5 anos já estão sendo imunizadas. Até então, 63,89% da população goiana já foi vacinada com duas doses ou a dose única da vacina contra a Covid.

Mais lidas
Últimas notícias