Eduardo Kobra e prefeitura são alvo de buscas após painel derreter

A suspeita é de fraude e superfaturamento no contrato de pintura de um mural que custou R$ 400 mil e derreteu após 4 meses

atualizado 27/09/2022 11:47

painel derretido com lagarto pintadoReprodução/Twitter/@felipethiagoc

Uma operação policial deflagrada nesta sexta-feira (22/7) investiga suposta fraude na contratação do artista internacionalmente reconhecido Eduardo Kobra, que assina uma pintura no mural no Parque Rio Branco, em Boa Vista (RR). A obra, porém, não foi pintada por ele.

A mão de obra é de uma equipe de Kobra, enviada a Boa Vista, e custou R$ 400 mil à prefeitura. O mural, porém, se desfez em menos de quatro meses após ser inaugurado.

A polícia cumpre quatro mandados de busca e apreensão na prefeitura da capital do estado. Trata-se da Operação Aquarela, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público de Roraima e pela Polícia Civil do estado.

A investigação suspeita de que tenha havido superfaturamento do contrato de serviço, já que o resultado não saiu como deveria ter saído, durando pouco tempo. O MP e a polícia apuram fraudes em contratos públicos, peculato e falsidade ideológica, mas não especificaram suspeitas a respeito de Eduardo Kobra.

Iguana feita no parque de Boa Vista derreteu

Da prefeitura, foram alvos de buscas a casa do superintendente da Fundação de Educação, Turismo, Esporte e Cultura (Fatec), Daniel Lima, de quem ficava a cargo os contratos; a sede da fundação, situada no Teatro Municipal; e a casa do fiscal responsável na contratação.

A Polícia Civil paulista também irá cumprir mandado na empresa do artista, em São Paulo capital.

Em nota ao Metrópoles, o artista Eduardo Kobra afirmou que “todo o valor recebido pelo trabalho foi declarado, bem como impostos e taxas pagos conforme a lei”, e que “a documentação referente à contratação, bem como os comprovantes de recebimentos e de pagamentos pertinentes ao caso estão à disposição de autoridades que precisem confirmar o caráter lícito”.

“Por fim, reafirmo o meu compromisso com a lisura das informações e o meu respeito ao patrimônio público. Toda a minha carreira foi pautada pela ética e por condutas socialmente corretas e estou seguro que esses mesmos valores também nortearam este trabalho. Estou à disposição para quaisquer esclarecimentos que se façam necessários, seja por parte de autoridades, seja por parte da imprensa”.

A reportagem procurou contato com a prefeitura de Boa Vista, mas até o momento não houve retorno. O espaço permanece aberto para manifestação.

Quem é Eduardo Kobra

Eduardo Kobra é grafiteiro e muralista e autor de diversos murais em escala monumental espalhados por vários países.

Entre seus trabalhos, destacam-se o mural de Nelson Mandela, pintado a convite de Madonna, no hospital infantil que a cantora mantém na África, a Bailarina pintada nas proximidades do Balé Bolshoi, em Moscou, e Michael Jackson, pintado na esquina da East 11th Street com a First Avenue, em Nova Iorque.

Mais lidas
Últimas notícias