Belo foi contratado por R$ 65 mil para fazer show durante a pandemia

Defesa do cantor anexou a nota fiscal do evento ao pedido de habeas corpus. Belo deverá ser solto nas próximas horas

atualizado 18/02/2021 12:45

Cantor Belo chega na Cidade da Polícia, no Jacarezinho. zona norte do RioAnderson Borde/Ag. News

Rio de Janeiro – O cantor Marcelo Pires Vieira, o Belo, foi contratado por R$ 65 mil para fazer um show na madrugada do último sábado (13/2), no Complexo da Maré, zona norte do Rio de Janeiro.

Segundo o jornal Extra, a defesa de Belo anexou a nota fiscal do show no pedido de habeas corpus. Ainda não se sabe, desse valor, qual a parte que pertence ao artista.

Belo foi preso na tarde dessa quarta-feira (17/2), em Angra dos Reis, costa verde do Rio, por agentes da Delegacia de Combate às Drogas (Dcod).

Na madrugada desta quinta-feira (18/2), o desembargador Milton Fernandes de Souza aceitou o pedido de habeas corpus feito pela defesa do cantor. Belo deverá ser solto nas próximas horas.

De acordo com a nota fiscal do show, a empresa responsável por contratar Belo foi a Leleco Produções, cujo representante legal é Leonardo Ribeiro de Paiva. Consta também que a empresa contratada para o evento foi a Belo Music Empreendimentos artísticos.

Últimas notícias