Acusado de racismo por mulher em festa, policial federal é preso em BH

"Com essa preta você não vai conversar", teria dito o agente da PF a um parente que falava com a vítima. Ele nega

atualizado 03/12/2022 17:53

foto colorida quintal do chalé belo horizonte Reprodução/Instagram

Acusado de racismo por uma mulher de 32 anos, um agente da Polícia Federal foi preso e levado a uma delegacia por policiais militares na noite de sexta-feira (2/12) em Belo Horizonte (MG).

A mulher disse, em depoimento, que falava com um parente do agente em uma festa na região oeste da capital mineira quando ele teria chegado e dito: “Com essa preta você não vai conversar”.

A vítima ligou para a PM para denunciar o caso e o policial federal foi levado para a delegacia do bairro Barreiro, em BH. De acordo com reportagem do G1, o policial negou as acusações e disse que entendeu que a mulher estaria dando em cima de seu parente e pediu que ela se afastasse.

O caso aconteceu no evento Quintal do Chalé (imagem em destaque), no bairro Estoril, por volta das 22h. Ainda houve um princípio de confusão entre conhecidos dos envolvidos, mas a segurança do local conseguiu conter os ânimos até a chegada da Polícia Militar.

A Polícia Civil informa ter ouvido o suspeito pela suposta prática de injúria racial e não informou se ele foi liberado após prestar o depoimento. O Metrópoles não conseguiu entrar em contato com a defesa até o momento.

Mais lidas
Últimas notícias