*
 

Visibilidade baixa, carros parados no acostamento e muita enxurrada. Assim ficou a Estrada Parque Taguatinga Guará (EPTG), na tarde desta segunda-feira (20/3). Os motoristas precisaram de paciência para enfrentar o longo congestionamento que se formou na via, especialmente entre o Guará e o Plano Piloto. Por ali, a chuva foi forte entre as 15h e as 17h.

Uma das áreas do Distrito Federal mais afetadas pelo temporal foi, novamente, Vicente Pires. Depois de ter muros derrubados e carros arrastados pela correnteza na semana passada, na tarde desta segunda, o asfalto cedeu em trechos da ruas 3, 4 e 5. O problema também foi resultado da forte enxurrada que se formou nas vias do bairro.

Mais uma vez, a chuva foi rápida e destruidora: durou 20 minutos na última quinta (16) e 30 minutos na tarde desta segunda. Mas, diferentemente da semana passada, dessa vez, os bombeiros não precisaram intervir em pontos de alagamento de Vicente Pires. Os motoristas, porém, tiveram que desviar das crateras no asfalto e alguns condutores decidiram parar e aguardar a chuva afinar para seguir viagem, devido a força das águas.

O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) esteve em Vicente Pires, na semana passada, e uma força-tarefa do GDF atuou, na sexta (17), na limpeza das vias afetadas e remoção do entulho acumulado. Provavelmente, será preciso nova intervenção de órgãos como a Novacap no local.

Bueiro
Os moradores de Ceilândia Norte enfrentaram duas horas de chuva intensa, entre as 15h e as 17h. Vários pontos de alagamentos foram registrados na via leste da cidade. Na QNN 23 de Ceilândia Norte, o problema é a tampa de um bueiro.

Segundo o vigilante Davi Pinto Pereira, 53 anos, toda vez que chove, a água jorra pelo bueiro com tal força que a tampa sai do lugar. Se a chuva é muito forte, a água pode atingir até 2m de altura. Além de mandar foto da água brotando do asfalto para o Metrópoles, ele parou seu carro na tarde desta segunda e colocou a tampa no lugar.

 

“Moro há 46 anos aqui na QNN 23. Tem quase 11 anos que essa tampa voa e a água jorra por esse bueiro. Toda vez vou lá e fecho para evitar que um carro, ou até uma pessoa, caia no buraco. Ninguém vem consertar”, reclama o vigilante.

O tempo nesta segunda foi de encoberto a nublado em todo o DF, com temperatura variando de 18ºC a 27ºC e umidade variando entre 61% e 93%. Para a terça-feira, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, a previsão é de tempo nublado com nevoeiro pela manhã, e pancadas de chuva no período da tarde. A temperatura ficará entre 18ºC e 28ºC, com umidade relativa do ar entre 50% e 95%.

 

 

 

 

COMENTE

CeilândiaVicente Pireseptgchuvaalagamentoenxurradatemporal
comunicar erro à redação