*
 

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, realizou na manhã desta sexta-feira (18/11), uma visita surpresa ao Presídio Central de Porto Alegre. De acordo com a assessoria de imprensa da ministra, ela foi à capital gaúcha para fiscalizar as condições do local, que registra superlotação. Há 4.683 presos recolhidos em um espaço projetado para abrigar no máximo 1.905 pessoas.

Esta é a terceira viagem em menos de um mês que a ministra realiza para inspecionar o sistema penitenciário brasileiro. Cármen pretende percorrer todos os Estados do País durante a sua gestão. Em outubro, ela visitou os presídios de Mossoró e Natal, no Rio Grande do Norte. Há cerca de duas semanas ela foi ao complexo penal da Papuda, no Distrito Federal.

Cármen participa ainda nesta sexta-feira de uma audiência pública em Porto Alegre para discutir a situação do presídio com membros da sociedade organizada, num encontro que terá a participação de entidades como Pastoral Carcerária, Conselho Estadual de Direitos Humanos, Ordem dos Advogados do Brasil, Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC) e Ministério Público Estadual.

 

 

COMENTE

STFporto alegrepresídiocármen lúciasistema presidiário
comunicar erro à redação