metropoles.com

Nipah: entenda por que vírus em surto na Índia tem potencial pandêmico

O vírus Nipah já provocou lockdown em um estado do país e possui 75% de letalidade. Saiba mais sobre o microrganismo com potencial pandêmico

atualizado

Compartilhar notícia

BSIP/GettyImages
Imagem colorida do vírus nipah visto em microscópio - Metrópoles
1 de 1 Imagem colorida do vírus nipah visto em microscópio - Metrópoles - Foto: BSIP/GettyImages

A notícia de um lockdown no estado de Kerala, no sul da Índia, causou um alerta na comunidade internacional. Segundo o governo local, duas pessoas já morreram e outras três foram diagnosticadas com o vírus Nipah – para controlar a transmissão e identificar casos, a quarentena foi instalada a partir dessa terça (12/9). Este é o quarto surto de Nipah desde 2018, quando 23 pessoas foram infectadas e 21 morreram.

O Nipah é um agente infeccioso transmitido principalmente pela saliva de morcegos infectados. O vírus foi identificado pela primeira vez em 1999 e tem provocado surtos esporádicos no Sudoeste Asiático: por isso, está em lugar de destaque na lista de monitoramento da Organização Mundial da Saúde (OMS) de patógenos com potencial epidêmico.

Segundo a pesquisadora Sarah Gilbert, uma das responsáveis pelo desenvolvimento da vacina de Oxford contra o coronavírus, caso o Nipah evolua o suficiente para se disseminar com maior eficiência (como aconteceu com o coronavírus, por exemplo), ele pode causar uma nova pandemia muito mais letal do que a do Sars-CoV-2.

Com mortalidade de cerca de 75%, os primeiros sintomas da infecção são febre, dor de cabeça, vômitos e problemas respiratórios, mas o quadro pode evoluir para inchaço do cérebro e deixar o paciente em coma ou levar à morte.

Sarah explica que não existe, até o momento, nenhuma vacina contra os vírus que causam inchaço no cérebro.

Entenda o vírus Nipah

Além do contato com a saliva e as fezes de morcegos infectados (que pode acontecer durante o consumo de frutas não higienizadas, por exemplo), o contágio pode acontecer pelo contato com porcos com o vírus.

O período de incubação do Nipah varia de quatro a 14 dias, com os sintomas geralmente aparecendo após o 20º dia de infecção.

A prevenção da infecção por Nipah envolve práticas como a higienização adequada dos alimentos e evitar o contato com animais selvagens, particularmente morcegos e porcos.

Siga a editoria de Saúde no Instagram e fique por dentro de tudo sobre o assunto!

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comSaúde

Você quer ficar por dentro das notícias de saúde mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações