Cientistas criam chip capaz de monitorar o estresse pelo suor

Dispositivo mede níveis de cortisol, o hormônio do estresse, e pode ajudar a diagnosticar Síndrome de Burnout e depressão

atualizado 08/02/2021 18:16

estresseGetty Images/Divulgação

Apesar de ser fácil para o paciente perceber quando está estressado, não é simples para profissionais de saúde diagnosticar uma pessoa que sofre com Síndrome de Burnout ou depressão. Os sintomas são comuns a muitas outras doenças, e pode ser complicado chegar ao quadro correto.

Para ajudar os médicos a descobrir o que está acontecendo com o paciente, pesquisadores da Ecole Polytecnoque Fédérale de Lausanne, na França, criaram um dispositivo que mede, pelo suor, a quantidade de cortisol, o hormônio do estresse. “Pacientes e profissionais de saúde podem ter a informação em tempo real. Este é um passo importante para entender essas doenças”, explica Adrian Ionescu, cientista responsável pela pesquisa.

O dispositivo ainda está em testes, mas a ideia é que ele meça a quantidade do hormônio no suor durante um dia inteiro. O cortisol tem um ciclo específico e qualquer alteração pode mostrar que o paciente está passando por momentos de estresse — se essas situações se repetem à longo prazo, o quadro pode ser crônico e desencadear uma série de doenças.

“Condições como obesidade, síndrome metabólica, diabetes tipo 2, doenças do coração, alergia, ansiedade, depressão, fadiga e Burnout são comumente associadas a disfunções nos níveis de estresse”, escrevem os pesquisadores no estudo.

Últimas notícias