Tropas de Putin têm levado grãos ucranianos para a Rússia, diz jornal

Roubos e saques colocam em risco a segurança alimentar da população em áreas dominadas pelo Kremlin

atualizado 06/05/2022 18:27

Membros das forças armadas ucranianas atravessam uma ponte destruída perto da linha de frente em meio a combates em Bucha e Irpin em 3 de março de 2022 em Irpin, Ucrânia.Chris McGrath/Getty Images

Dirigentes do ministério da Agricultura ucraniano acusam tropas russas de roubar grãos em áreas ocupadas ou de conflito. Os saques colocam em risco a segurança alimentar da população em áreas dominadas pelo Kremlin e também o mercado internacional, que compra mantimentos do país europeu, de acordo com o Washington Post.

Mikola Solski, ministro da Agricultura da Ucrânia, afirmou em entrevista a uma emissora do país na última semana que tem ouvido grande porção de relatos feitos por membros da indústria de alimentos. “Isso é roubo total”, destacou.

Já Taras Visotski, vice-ministro da Agricultura, afirmou nessa quinta-feira (5/5) que a Ucrânia tem comida o suficiente em estoque para abastecer as áreas ainda sob controle ucraniano. Já onde o domínio é predominantemente de Moscou, não é possível assegurar.

Visotski afirmou que 441 mil toneladas de grãos foram retiradas de locais mais ao sul do país, como Kherson, Donetsk, Zaporizhzhia e Luhansk, ao leste.

A Ucrânia também acusa o Kremlin de atacar depósitos de grão, o que é negado pelo governo russo. Cem Ozdemir, ministro da Agricultura alemão, também já chegou a afirmar que haveria interesse por parte da Rússia em apreender o material ucraniano e, dessa forma, obter vantagem no mercado de exportações.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias