*
 

Uma cantora, de 26 anos, foi presa por tentativa de homicídio, em Nashville, nos Estados Unidos. Ela atirou duas vezes contra um morador de rua que pediu para ela mover o seu Porsche SUV.

Segundo a polícia, Melton, de 54 anos, estava tentando dormir na calçada, às 3h da manhã, quando foi perturbado por fumaça e música alta vindo de um Porsche, segundo o site americano Buzzfeed. Ele teria ido até o carro e discutido com Katie Quackenbush, que estava acompanhada de uma outra mulher.

Youtube/Reprodução

 

A polícia ressalta que ele não tentou impedir a saída da artista. Melton teria voltado para o local onde estava deitado, quando a cantora pegou uma arma e foi até ele. A discussão continuou, até que Katie ergueu a pistola e disparou dois tiros. Em seguida, ela entrou no carro e foi embora.

O morador de rua está internado, com um sério ferimento na região do abdômen. Quackenbush foi presa, e depois de pagar uma fiança de US$ 25 mil foi solta.

O pai da cantora, no entanto, discorda da versão da polícia. Ele disse que Melton era agressivo, conhecido pelos comerciantes da região, que tinham muito medo dele. Ele teria ameaçado Katie e a amiga, e a artista teria apenas disparado dois tiros “de aviso”, sendo que foi embora sem saber que tinha atingido a vítima.

A polícia disse que não há nenhuma queixa registrada contra o morador de rua, e que a agressora tem antecedentes criminais. Em dezembro, ela teria acertado a cabeça de uma mulher com um copo de vidro, e em 2013, teria agredido outra mulher.

Jesse Quackenbush diz que no primeiro caso, a filha apenas jogou um copo de água em uma namorada do seu ex-marido. A mulher teria ofendido Katie. No segundo caso, ele diz que a discussão ocorreu entre a cantora e a mãe, e que ninguém se machucou.

 

 

COMENTE

carroViolênciamorador de ruaPorsche
comunicar erro à redação