metropoles.com

Ex-presidente do Chile morre em acidente de helicóptero

Acidente ocorreu no Chile, nesta terça-feira (6/2). Piñera foi presidente do Chile em dois momentos: entre 2010 e 2014, e entre 2018 e 2022

atualizado

Compartilhar notícia

Sebastián Vivallo Oñate/Agencia Makro/Getty Images
Imagem colorida mostra o ex-presidente do chile Sebastián Piñera - Metrópoles
1 de 1 Imagem colorida mostra o ex-presidente do chile Sebastián Piñera - Metrópoles - Foto: Sebastián Vivallo Oñate/Agencia Makro/Getty Images

O ex-presidente do Chile Sebastián Piñera morreu em um acidente de helicóptero na tarde desta terça-feira (6/2). A queda teria sido ocasionada pelas fortes chuvas que atingem a região onde a aeronave sobrevoava, no Chile.

De acordo com informações do jornal espanhol ABC, o acidente ocorreu na comuna de Lago Ranco, que pertencente à província de Ranco na Região de Los Rios, no Chile.

Informações preliminares indicam que o ex-presidente pilotava a aeronave e que ele estava na companhia de outras três pessoas. Os familiares sobreviveram à queda, mas Piñera não conseguiu sair da aeronave.

Ao portal La Tercera autoridades locais informaram que a aeronave está submersa, a cerca de 40 metros de profundidade.

Imagem colorida mostra Local do acidente em que morreu o ex-presidente Sebastián Piñera - metrópoles
Local do acidente em que morreu o ex-presidente Sebastián Piñera

Em pronunciamento, a ministra do Interior e Segurança Pública do Chile, Carolina Tohá Morales, confirmou a morte do ex-presidente. De acordo com o comunicado, a aeronave levava quatro pessoas, e Piñera foi o único a não conseguir se salvar.

O corpo foi, posteriormente, resgatado pela Marinha. A ministra destacou que o presidente do Chile, Gabriel Boric, determinou que seja realizado um “funeral de Estado” e orientou a decretação de luto oficial no país.

Piñera, que tinha 74 anos, foi presidente do Chile em dois momentos: entre 2010 e 2014, e entre 2018 e 2022. Ele foi o primeiro político de direita a conquistar a presidência depois da ditadura.

Antes de entrar para política, consolidou-se como investidor, com doutorado em economia na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos.

0

Repercussão

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou estar surpreso e triste com a morte de Sebastián Piñera. “Convivemos, trabalhamos pelo fortalecimento da relação dos nossos países e sempre tivemos um bom diálogo, quando ambos éramos presidentes, e também quando não éramos”, disse.

“Muito triste seu falecimento de forma tão abrupta. Meus sentimentos aos seus familiares e amigos de Piñera por esta perda”, completou.

A Presidência da Argentina emitiu comunicado em que lamenta a morte de Piñera. “Em nome do Estado Argentino, enviamos nossas condolências a seus familiares, a seus amigos e a todo o povo chileno”, afirma.

Luis Lacalle Pou, presidente do Uruguai, lamentou a morte e ofereceu condolências aos chilenos. “Ele sempre teve uma atitude positiva em relação ao Uruguai e pessoalmente”, escreveu no X (antigo Twitter).

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações