Células do cérebro sobrevivem por 24 horas após a morte, diz estudo

Pesquisa realizada pela Universidade de Illinois, nos EUA, sugere que o cérebro não para de funcionar por completo logo após a morte

atualizado 26/03/2021 12:43

Quando um ser humano morre, seus processos vitais se degradam rapidamente. O coração para de bomber sangue oxigenado para os tecidos do corpo, inclusive para o cérebro.

Assim, acontece a perda da consciência e funções motoras. No entanto, novos estudos sugerem que o cérebro não para de funcionar por completo logo após a morte.

Leia mais em SoCientífica, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias