metropoles.com

Pela Série D, Brasiliense fica no empate em 1 x 1 com o Bahia de Feira

O próximo compromisso do esquadrão amarelo será no próximo domingo (04/10), às 15h, contra o Atlético de Alagoinhas-BA

atualizado

Compartilhar notícia

Marcelo Oliveira/Metró
Bahia de Feira x Brasiliense
1 de 1 Bahia de Feira x Brasiliense - Foto: Marcelo Oliveira/Metró

No primeiro duelo fora de casa pela fase de grupos da Série D, o Brasiliense Futebol Clube foi à Feira de Santana-BA, na noite desta quinta-feira (01/10), encarar o Bahia de Feira. Mesmo com um homem a mais durante boa parte do jogo, o Jacaré encontrou dificuldades no gramado sintético da Arena Cajueiro e ficou no empate com a equipe da casa.

O tento do Bahia foi marcado por Bruninho, ao 15 do primeiro tempo. O Jacaré descontou aos 39’, com Marcos Aurélio cobrando pênalti. Com o resultado, a equipe amarela fica na quarta colocação, somando quatro pontos. Já o Tricolor de Feira ocupa a quinta colocação com os mesmos quatro pontos.

O próximo compromisso do esquadrão amarelo será no próximo domingo (04/10), às 15h, contra o Atlético de Alagoinhas-BA (terceiro colocado), na Boca do Jacaré.

 

0
Primeiro tempo agitado

Se habituando ao gramado sintético, o Brasiliense iniciou concentrando o jogo no meio de campo, buscando conter a movimentação do Bahia de Feira, que por sua vez, não tinha pressa pra impor o ritmo de jogo. A primeira finalização do Jacaré saiu aos sete minutos, no chute de Balotelli, que saiu para fora sem oferecer riscos à meta do goleiro Alan. Os donos da casa responderam dois minutos mais tarde. Jarbas bateu falta fechadinha e Fernando Henrique deu um tapa na bola jogando para escanteio.

O campo molhado antes do jogo dificultava as jogadas de ambas as equipes, que viam as jogadas pararem em algum escorregão. Familiarizado com as condições, o Bahia conseguiu chegar ao gol. Com 15 minutos de bola rolando, Jaildo tabelou com Bruninho e finalizou dentro da área. Fernando Henrique defendeu e,  no rebote, Bruninho chutou no canto para abrir o marcador.

O Jacaré não se abalou com o gol e começou a se lançar com mais vontade ao ataque. Aos 18’, Alan salvou o empate aos defender os chutes de Luquinhas e Marcos Aurélio. Aos 21’, Luquinhas recebeu pelo meio, carregou e soltou o pé de fora, mas a bola saiu por cima.

A parte final da primeira etapa era pura pressão amarela. Aos 30’, Marcos Aurélio cobrou falta e Alan se esticou para fazer a defesa. Com 37 minutos, o camisa 10 do Jacaré cobrou mais uma falta e Bruninho desviou a bola com a mão dentro da área. O árbitro Diego Fernandes, com muita demora, marcou o pênalti e aplicou o segundo amarelo para o meia da equipe baiana, que foi expulso. Marcos Aurélio foi para a cobrança e converteu, empatando o duelo.

O Jacaré ainda teve a chance de virar nos acréscimos. Luquinhas pegou a sobra na cobrança de escanteio e bateu no canto. A defesa do Bahia tirou a bola em cima da linha.

Segunda etapa

Mesmo com a desvantagem numérica, o Bahia iniciou a segunda etapa buscando o ataque. Capone, aos três minutos, arriscou de longe e a bola saiu tirando tinta do travessão. O Jacaré respondeu logo em seguida. Mariano dividiu com o arqueiro Alan e, na sobra, Luquinhas bateu em cima da marcação.

Aos 18’, Jefferson Maranhão cobrou escanteio e Badhuga cabeceou firme no meio do gol, facilitando a defesa do arqueiro baiano. Com 23 jogados, Sandy soltou a bomba de fora, obrigando Alan a fazer uma bela defesa.

O Bahia teve uma grande chance de voltar à frente do placar. Aos 26’, Jaildo recebeu dentro da área, girou e bateu colocado. A bola parou na trave antes de ira para a linha de fundo.

Com um homem a mais, o Brasiliense dominava a posse de bola no campo ofensivo e conseguia construir boas descidas. Aos 34’, Sandy ganhou no pé de ferro, chegou na linha de fundo e cruzou rasteiro. Luquinhas chegou para conferir, mas o desvio saiu fraco para fora.

Sem se arriscar, o time da casa apostava nas bolas paradas para chegar ao gol. Aos 40’, Menezes cobrou falta pela esquerda, a bola caiu no cantinho e Fernando Henrique fez a defesa. Aos 46’, Jarbas chutou da entrada a área e mais uma vez o goleiro do Jacaré apareceu para ficar com a bola.

Satisfeita com o empate, a equipe do Bahia esfriou o jogo e fez o tempo correr. O Jacaré buscava o ataque, mas não finalizava com êxito. Com esse cenário no finalzinho do duelo, Diego Fernandes apitou pela última vez decretando o empate por 1 x 1.

Ficha técnica
Bahia de Feira 1 x 1 Brasiliense
Campeonato Brasileiro Série D 2020 – Fase de grupos – Terceira rodada
01/10/2020, 19h, Arena Cajueiro – Feira de Santana, Bahia
Árbitro: Diego Fernandes da Silva de Lima-PE
A1: José dos Santos Amador-BA
A2: Wesley Silva Santos-BA
4º árbitro: Wagner Fancisco Silva Souza-BA

Bahia de Feira: Alan; Ceará, Paulo Paraíba, Menezes e Cazumba; Jaildo, Jarbas, Bruninho e Capone; Ebinho (Léo Porto, depois Tico) e Danillo Bala (Kel Baiano). Técnico: Arnaldo Lira
Gols: Bruninho (15’ 1T)
Cartões amarelos: Bruninho, Arnaldo Lira
Cartões vermelhos: Bruninho

Brasiliense: Fernando Henrique; Diogo (Esquerdinha), Badhuga, Keynan e Fernandinho; W. Balotelli (Sandy), Bruno Lima e Marcos Aurélio (Romário); Luquinhas, Jefferson Maranhão (Renatinho) e Mariano (Neto Baiano). Técnico: Edson Souza
Gols: Marcos Aurélio (39’ 1T)
Cartões amarelos: Diogo

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comEsportes

Você quer ficar por dentro das notícias de esportes e receber notificações em tempo real?