Embaixador da Fifa, Roberto Carlos fala sobre fim do Mundial de Clubes

De acordo com o ex-lateral esquerdo, a competição não é benéfica para a entidade

atualizado 04/11/2022 9:35

Taça do Mundial de Clubes David Ramos - FIFA/FIFA via Getty Images

Ex-lateral esquerdo pentacampeão do mundo com a Seleção Brasileira em 2002, Roberto Carlos, atualmente embaixador da Fifa, fez uma revelação sobre o Mundial de Clubes. Segundo o brasileiro, a Fifa está estudando acabar com a competição.

“Eu falei com o pessoal da Fifa ontem, e a gente não sabe ainda, de verdade, onde vai ser o campeonato do Mundo (Mundial de Clubes). Não sabe se vai existir mais o campeonato do mundo… É complicado para nós sul-americanos”, revelou o ex-lateral durante o programa Papo Reto do canal do Benja no YouTube.

“Eu sou embaixador da Fifa e tem se comentado muito, até nas convenções do VAR, da Copa do Mundo de dois em dois anos, a gente participa muito em relação a isso. O Mundial de Clubes para a Fifa hoje em dia não é benefício. E uma das conversas que tivemos uma vez sobre isso foi que poderia acabar a qualquer momento”, completou.

Além disso, Roberto Carlos falou da organização para a próxima edição do Mundial, que ainda não tem data e local definidos. Estados Unidos, China e Emirados Árabes aparecem como possíveis sedes.

“Está em dúvida ainda onde vai ser esse Mundial de Clubes. Nem o pessoal do Real Madrid sabe. Imagina como está a situação”.

Vale lembrar que a competição já conta com a confirmação de cinco times: Flamengo (Libertadores), Real Madrid (Champions League), Wydad Casablanca (Champions da África), Seattle Sounders (Concachampions) e Auckland City (Campeão da Oceania).

Mudança de formato

Como o atual formato do Mundial de Clubes é considerado um fracasso do ponto de vista técnico e comercial pela Fifa, a entidade chegou a criar um novo modelo para a competição, que seria disputado de quatro em quatro anos, e sua primeira edição seria disputada em 2021, o que não aconteceu devido a pandemia causada pela Covid-19.

Porém, com as faltas de brechas nos calendários, a ideia da Fifa foi adiada e em abril, o presidente da entidade, Gianni Infantino, declarou que enquanto não houver um novo formato, o atual vai continuar sendo disputado anualmente.

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias