metropoles.com

Brasiliense vence, carimba a classificação e assume a liderança do Grupo A6

Com gols de Maicon Assis, Luquinhas e Diogo, o Jacaré chegou aos 26 pontos e dorme na liderança da chave

atualizado

Compartilhar notícia

Marivaldo Batista/Especial para o Metrópoles
BRASILIENSE X ATLETICO1
1 de 1 BRASILIENSE X ATLETICO1 - Foto: Marivaldo Batista/Especial para o Metrópoles

O Brasiliense Futebol Clube está classificado para o mata mata da Série D. Na noite deste sábado (7/11), a equipe amarela bateu o Atlético de Alagoinhas por 3 x 0, chegou aos 26 pontos e assumiu momentaneamente a liderança do Grupo A6. Os gols do Jacaré foram anotados por Maicon Assis, Luquinhas e Diogo.

Caso a Caldense derrote a equipe do Gama no jogo deste domingo (8/11), o Jacaré encerra a rodada como líder isolado da chave.

O esquadrão amarelo volta a campo no próximo sábado (14/11), contra o Bahia de Feira. O duelo está marcado para às 15h, na Boca do Jacaré.

Veja fotos da partida: 

0
Primeiro tempo equilibrado

A equipe da casa assumiu a iniciativa no início do jogo. Com menos de um minuto, Jeam avançou pelo meio e bateu rasteiro, mas sem oferecer perigo ao gol do Jacaré. O esquedrão amarelo não demorou a responder. Aos dois minutos, Zé Love ajeitou para o chute de Luquinhas, que saiu pelo lado esquerdo.

Luquinhas novamente comandou a descida do Jacaré ao ataque. Quando eram marcados nove minutos, o atacante do Brasiliense dominou dentro da aérea e, mesmo caído, finalizou no ângulo do goleiro Fábio Lima, que fez a defesa.

O jogo era franco, mas o Atlético conseguia chegar com mais perigo e esbarrava na boa marcação do Jacaré. A equipe da casa construiu três boas chegadas. Aos 13’, Robert ajeitou e Leandro Sobral bateu por cima. No lance seguinte, Jeam cabeceou no cantinho e Fernando Henrique pulou para fazer a defesa. Com 27 jogados, Jeam, mais uma vez de cabeça, colocou a bola pela linha de fundo.

Quando o Jacaré respondeu, a rede balançou. Maicon Assis arcou pela meia esquerda, tirou três marcadores e soltou o pé de fora. A bola ainda beliscou a trave antes de morrer no fundo do gol, aos 32 minutos.

Antes do intervalo, o Carcará ainda teve duas chances para empatar. Aos 34’, no chute de Miller defendido por Fernando Henrique; e depois aos 41’, na jogada de Jeam, que cruzou para o meio da área e Fernandinho errou o chute.

Com um a menos, Jacaré faz mais dois

A segunda etapa começou com o Jacaré em cima. Com três minutos, Breno Calixto cabeceou com perigo, após falta cobrada por Peu. O Atlético respondeu com Dionisio, que bateu por cima do gol aos seis minutos.

Administrando a vantagem e jogado melhor, o Brasiliense comandava as ações. Corridos oito minutos, Peu cobrou falta frontal no meio da barreira, Fábio Lima rebateu e Zé Love chegou dividindo, mas o bandeirinha já marcava a posição irregular.

Aos 14’, Zé Love foi expulso ao receber o segundo amarelo. Com um homem a mais, o Carcará buscou o empate. Aos 22’, Filipinho arriscou de longe, mas a bola saiu por cima.

Jogando no contra-ataque, o Jacaré chegou ao segundo. Aos 24’, Luquinhas tabelou com Diogo e bateu de cavadinha na saída do goleiro: 2 x 0 para o Brasiliense.

O time da casa não se entregou e tentava descontar, mas esbarrava em Fernando Henrique, que defendeu os chutes de Dionisio e Miller. Jogando bem no campo de defesa, o Jacaré descolou mais um contragolpe. Aos 44’, Romarinho tocou para Diogo no fundo, que bateu cruzado e marcou o terceiro, decretando a vitória e a classificação do Jacaré para a próxima fase.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO DE ALAGOINHAS 0 X 3  BRASILIENSE

Campeonato Brasileiro Série D 2020 –  Fase de grupos – Décima primeira rodada

7/11/2020, 20h30, Estádio Antônio Carneiro – Alagoinhas, Bahia

Árbitro: Jonata de Souza Gouveia-AL

A1: Edevan de Oliveira Pereira-BA

A2: Marcus Vinicius Ferreira de Souza-BA

4º árbitro: Joedson de Jesus Oliveira-BA

ATLÉTICO DE ALAGOINHAS

Fábio Lima; Edson, Mailson (Athirson), Saulo, Iran e Felipinho, Leandro Sobral (Fernandinho), Dionisio e Miller; Jeam e Robert (Naian)

Técnico: José Carijé

Cartões amarelos: Robert

BRASILIENSE

Fernando Henrique; Diogo, Breno Calixto, Badhuga e Peu (Aldo); Bruno Lima, W. Balotelli, Zotti (Romarinho) e Maicon Assis (Jefferson Maranhão); Luquinhas (Romário) e Zé Love

Técnico: Edson Souza

Gols: Maicon Assis (32’ 1T), Luquinhas (24’ 2t) e Diogo (44’ 2T)

Cartões amarelos: Maicon Assis, Zé Love

Cartões Vermelhos: Zé Love

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comEsportes

Você quer ficar por dentro das notícias de esportes e receber notificações em tempo real?