Éramos Seis: Lúcio é preso e Inês fica solitária na gravidez

Ativista é encarcerado após ser flagrado em encontro político clandestino

TV Globo/Reprodução

atualizado 19/03/2020 11:15

Nos próximos capítulos de Éramos Seis, Lúcio (Jhona Burjack) e Inês (Carol Macedo) viverão um momento feliz: vão se casar. No entanto, a moça, que está grávida, terá de enfrentar sozinha boa parte do período da gestação, pois o rapaz será preso por suas atividades políticas.

Pouco tempo após contar a Afonso (Cássio Gabus Mendes) que está grávida de Lúcio, Inês volta atrás e revela a verdade para seu pai de criação. Assim, a moça diz que a paternidade de seu bebê é de Alfredo (Nicolas Prattes), com quem se envolveu durante a guerra. Contudo, ela pede ao comerciante que mantenha essa história em segredo para sempre, pois irá se casar com Lúcio e o rapaz assumirá a criança mesmo não sendo o pai dela.

A prisão de Lúcio

Após uma passagem de tempo de um mês, Lúcio e Inês sobem ao altar. Felizes, estão certos de que formarão um ótimo casal e darão uma bela criação ao bebê que está a caminho. Porém, os planos sofrem um grande baque meses depois, quando o filho de Virgulino (Kiko Mascarenhas) e Genu (Kelzy Ecard) acaba sendo preso durante a realização de um encontro político clandestino.

0

Encarcerado, Lúcio sofre por estar longe de Inês, que se vê sozinha e tendo que permanecer assim pelo restante de sua gravidez, sem ter sequer certeza de que o marido estará presente no nascimento do bebê. Enquanto isso, Virgulino, Genu e Afonso tentam encontrar uma forma de libertar o rapaz.

As cenas de Éramos Seis estão previstas para serem exibidas a partir desta sexta-feira (20/03).

Últimas notícias