*
 

Convidado do 48º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, o diretor e roteirista Marcos Bernstein ministrou aula de roteiro para uma plateia atenta, na terça (22/9).

Na ocasião, falou sobre o ofício de transformar ideias, livros, biografias e até música em filme. E fez uma curiosa revelação: o primeiro filme que pensou fazer como diretor foi “Eduardo e Mônica”, baseado na música da Legião Urbana

“Cheguei a tentar falar com o Renato (Russo). A gente chegou a discutir. Foi no ano em que ele morreu”, conta ele. Coincidentemente, Bernstein acabou escrevendo os roteiros de “Somos Tão Jovens” e “Faroeste Caboclo”, dois filmes relacionados ao universo de Renato.

Marcos Bernstein acabou só estreando como diretor oito anos depois, em 2004, com “O Outro Lado da Rua”.

Atualmente, existe um projeto de transformar “Eduardo e Mônica” em filme, mas sob comando de René Sampaio, que dirigiu “Faroeste Caboclo”.

Com informações da Agência Brasil