Ancine: filme dos Mamonas Assassinas poderá captar R$ 6 milhões

Segundo o site Na Telinha, até o momento, o longa e da série sobre o grupo foram autorizados a captar R$ 10,2 milhões

Divulgação

atualizado 15/10/2019 19:31

A Agência Nacional de Cinema (Ancine) autorizou a captação de mais de R$ 6 milhões pela Lei Rouanet para o filme focado na trajetória dos Mamonas Assassinas – banda que morreu em um acidente de avião em 1995. O longa está previsto para entrar em produção em 2020. As informações são do site Na Telinha.

0

A produção surgiu como complemento à uma série – autorizada a arrecadar separadamente uma quantia de R$ 3,6 mi – sobre a banda quando a Total Filmes assumiu o projeto. Ambos fazem parte do pacote pertencente à produtora e foram escritos pelo novelista Carlos Lombardi. Juntas as obras somam a capitação de R$ 10,2 milhões.

Ainda segundo o NaTelinha, a Record, detentora dos direitos da história dos Mamonas, tem um contrato com a produtora responsável, Total Filmes, para exclusividade da série na TV aberta. Há também a possibilidade de parceria com outro canal do conglomerado, seja na TV a cabo ou em streaming.

Últimas notícias