TJDFT suspende 1º leilão público de 2021 devido à Covid-19

Segundo o tribunal, após a publicação do edital, foi observado agravamento no quadro da pandemia no DF

atualizado 07/04/2021 20:46

Divulgação/TJDFT

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Teritórios (TJDFT) suspendeu nesta quarta-feira (7/4) o 1º Leilão Público Coletivo de 2021. O evento estava marcado para a próxima terça-feira (13/4) e para o dia 27 de abril.

O leilão ocorreria de forma presencial, na área externa do Edifício Juiz Josué Ribeiro de Sousa, antigo prédio da Vara de Infância e Juventude (VIJ).

Estavam previstas medidas de segurança sanitárias, como medição de temperatura dos participantes, obrigatoriedade do uso de máscaras, fornecimento de álcool em gel 70%, controle do tráfego de pessoas e manutenção do distanciamento social, com marcações de lugares, tanto para o dia do evento quanto durante a fase de visitação dos bens oferecidos.

Segundo o tribunal, contudo, após a publicação do edital, observou-se mudança no quadro referente à pandemia da Covid-19, um agravamento da situação no DF. “Além disso, as unidades envolvidas no leilão estão com as atividades presenciais suspensas em seus respectivos depósitos e quadro reduzido de servidores aptos para atuarem em regime de trabalho presencial”, informou a Corte, em nota.

Dessa forma, o tribunal optou pela suspensão temporária do leilão. A nova data de realização do certame será divulgada posteriormente.

O leilão

O primeiro leilão de 2021 ofereceria quase 100 lotes. A maioria deles é composta por carros – inclusive uma Mercedes (foto em destaque) – e motos, além de aparelhos eletrônicos, roupas e até uma mesa de ping-pong. A relação completa do bens leiloados podem ser encontrados no site do órgão judiciário (clique aqui).

Veja alguns itens:
0

 

Últimas notícias