Mulher que esfaqueou marido no DF é presa por homicídio qualificado

Inicialmente, ela alegou legítima defesa, afirmando que o companheiro teria praticado violência doméstica. A investigação desmentiu a versão

atualizado 26/02/2021 21:38

facaDivulgação/PCDF

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu nesta sexta-feira (26/2) a mulher de 25 anos que esfaqueou o marido em Ceilândia, em 15 de fevereiro.

Inicialmente, se acreditava que a autora teria esfaqueado o companheiro para se defender de violência doméstica, no entanto, testemunhas relataram à polícia que o motivo da agressão teria sido fútil.

O mandado de prisão temporária foi expedido pelo Tribunal de Júri de Ceilândia pelo crime de homicídio qualificado. A investigada deu três facadas nas costas do marido, Renan de Araújo Ferreira.

A investigação da 19ª Delegacia de Polícia (P Norte – Ceilândia) demonstra que a mulher executou o marido após brigas movidas por ciúmes, motivo das facadas. A presa foi conduzia para a carceragem da PCDF e se condenada poderá pegar até 30 anos de prisão.

Últimas notícias