metropoles.com

Morta a golpes de chave de fenda tinha medidas protetivas contra o ex

Mulher foi morta pouco depois de deixar o filho na escola em São Sebastião, no Distrito Federal

atualizado

Compartilhar notícia

Arte/Metrópoles
Ilustração-violencia-contra-a-mulher
1 de 1 Ilustração-violencia-contra-a-mulher - Foto: Arte/Metrópoles

O homem preso em flagrante suspeito de matar a ex-companheira nesta quinta-feira (3/8) em São Sebastião, no Distrito Federal, possuía uma mandado de prisão em aberto por descumprimento de medidas protetivas. Ele também foi preso outras três vezes pelo descumprimento das medidas.

A auxiliar de cozinha foi morta a golpes de chave de fenda por volta das 7h20. Ela chegou a ser socorrida à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu no local. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados até a publicação desta reportagem.

O crime ocorreu na porta da escola onde o filho do casal, de apenas 10 anos, estuda. A criança tinha acabado de entrar e não presenciou o assassinato da mãe.

O criminoso foi detido por moradores até a chegada da Polícia Militar e a arma, apreendida. Ele foi preso em flagrante, encaminhado à 30ª Delegacia de Polícia (São Sebastião), onde foi autuado por feminicídio.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comDistrito Federal

Você quer ficar por dentro das notícias do Distrito Federal e receber notificações em tempo real?