Homem solta pit-bulls em PMs para tentar escapar de abordagem no DF

Os suspeitos também resistiram à prisão, desferindo chutes e mordendo os policiais. Caso aconteceu no Guará nesta madrugada

atualizado 30/11/2020 7:49

armasPMDF/Divulgação

Uma equipe de policiais militares prendeu três pessoas por porte ilegal de arma de fogo, resistência, desobediência, desacato, lesão corporal e porte de arma branca. O caso aconteceu na QE 19, no Guará, à 0h41 desta segunda-feira (30/11). Durante a abordagem, um dos suspeitos chegou a soltar dois pit-bulls nos PMs.

A equipe foi solicitada via 190 para atender a uma ocorrência envolvendo coronhada com arma de fogo. No local, a vítima mostrou a lesão e informou a localização e as características do acusado. Os policiais encontraram três homens na frente da casa apontada pela vítima, sendo que um deles, ao avistar os militares, correu para dentro da casa. Os outros dois tentaram fechar o portão.

Um dos policiais conseguiu acompanhar o suspeito, que tentou se trancar no fundo do lote. O acusado, então soltou dois pit-bulls em cima do policial, que teve que usar gás para inibir os animais. Em seguida, o PM imobilizou o homem.

0

Segundo a PM, o detido e os outros dois suspeitos tentaram, a todo custo, resistir e atrapalhar a ação da polícia, desobedecendo e tumultuando a abordagem, tentando interferir na prisão.

Segundo os militares, foi preciso pedir apoio, pois um dos amigos dos detidos chutou um policial e outro deu uma mordida na mão de outro PM que tentava contê-lo.

Ao verem o apoio chegar, um deles tentou fugir, mas acabou preso. Durante as buscas aos suspeitos, os PMs encontraram uma pistola, com 19 munições no carregador. A operação teve apoio dos cães Khallesi, Corargio e Furia.

Na abordagem, um dos detidos deixou cair da cintura uma faca. Também foi encontrado com eles um facão e um bastão retrátil.

Últimas notícias