Família de Tocantins procura jovem de 22 anos que desapareceu no DF

Segundos parentes, Gabriela Bernadino fazia tratamento psiquiátrico em uma casa de recuperação de Brasília, mas sumiu sem deixar pistas

atualizado 06/05/2021 7:17

moçaArquivo pessoal

Uma jovem moradora do Distrito Federal está desaparecida desde o início da tarde desta quarta-feira (5/5). Segundo familiares de Gabriela Bernadino, 22 anos, ela estaria internada em uma clínica psquiátrica de Planaltina, mas deixou a casa de recuperação na companhia de outro paciente e, desde então, não foi mais vista.

Os pais da moça vivem no município de Araguaína (TO). Ela foi transferida de uma clínica na cidade natal para Brasília, há 50 dias. Um boletim do ocorrência foi aberto na Polícia Civil do Estado de Tocantins na tarde desta quarta. Segundo funcionários da clínica, Gabriela usava uma camiseta preta de manga longa e calça da mesma cor.

“Estamos todos preocupados, todos procurando. Esperamos que ela entre em contato”, disse o primo da moça e também morador do DF, Felipe Nogueira, 29 anos. A reportagem tentou contato com a mãe de Gabriela, mas, segundo informado pelo familiar, ela não está em condições de dar entrevistas.

Caso alguém tenha informações sobre Gabriela, a família pede para entrar em contato por meio dos seguintes telefones: (61) 99843-7043, (61) 99264-9786, (61) 99845-2213.

0

 

Últimas notícias