Veja o que abre e o que fecha no DF no domingo, 1º turno das eleições

No transporte público, ônibus seguirá tabela de horários de sábado, e metrô manterá a de domingo. Comércio funcionará normalmente

atualizado 01/10/2022 9:43

Reprodução

O primeiro turno das eleições ocorrerá neste domingo (2/10), das 8h às 17h. Enquanto mais de 2 milhões de pessoas mobilizam-se em 612 pontos eleitorais espalhados pelo Distrito Federal, serviços públicos essenciais funcionarão normalmente (veja lista abaixo).

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) fará patrulhamento em todo o DF, com reforço em pontos eleitorais. Entretanto, segundo o Código Eleitoral, “ninguém será preso senão em flagrante delito”.

Em nota, o Sindicato do Comércio Varejista do Distrito Federal (Sindivarejista) informou que shoppings, comércios locais e supermercados funcionarão normalmente durante as eleições. Para isso ser possível empresários montarão esquema de revezamento de funcionários para possibilitar o exercício do voto. Os horários do comércio serão determinados pelos proprietários.

Papelarias, lotéricas e ópticas de rua, no entanto, não abrirão, segundo a Fecomércio.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
0

Transporte público

A Secretaria de Transporte e Mobilidade informou que houve reavaliação do planejamento de transporte público coletivo para os dias de votação. Inicialmente, a operação ocorreria como a tabela de sábado. No entanto, a pasta mudou o planejamento nessa sexta-feira (30/9), a pedido do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-DF).

Os ônibus vão circular com a mesma tabela de horários dos dias úteis. Os passageiros podem conferir a grade das viagens pelo site DF no Ponto. O Metrô também funcionará no formato padrão, das 5h30 às 23h30.

Centro Olímpico 

Os Centros Olímpicos e Paralímpicos do DF estarão fechados no dia das votações. As unidades funcionarão normalmente na sexta-feira (30/9) e sábado (1º/10).

Serviços de saúde

Segundo a Secretária de Saúde, hospitais e Unidade de Pronto Atendimento (Upas) também estarão disponíveis à população.

Caesb

A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) informou que as equipes de manutenção trabalharão em regime de plantão para garantir o fornecimento de água à população do Distrito Federal e realizar a coleta e tratamento de esgoto das cidades.

No entanto, no domingo (2/10), não haverá atendimento nos escritórios e postos do Na Hora. O público, no entanto, pode entrar em contato com a empresa de forma remota pela Agência Virtual, app, site ou telefone 115. Todos os serviços citados funcionam ininterruptamente.

Neoenergia 

Em 2 e 30 de outubro – datas do 1º e do 2º turno, respectivamente -, a Neonergia Brasília trabalhará em regime especial de plantão e reforçará o contingente de técnicos envolvidos nos processos de restabelecimento emergencial do fornecimento de energia elétrica.

Zoológico de Brasília

O zoológico não vai abrir ao público no domingo, a fim de garantir o direito constitucional de voto a todos os cidadãos e por questões de logística e segurança do parque.

No sábado (1/10), o funcionamento será normal, das 8h30 às 17h. Não há venda antecipada de ingressos e os interessados devem adquirir as entradas no dia da visita, na própria bilheteria do zoo. A venda de ingressos é das 8h30 às 16h, com pagamento somente em dinheiro.

Trânsito

Segundo o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF), a Esplanada dos Ministérios permanecerá sem intervenções no trânsito.

O Congresso Nacional, ministérios da Justiça e Segurança Pública e de Relações Exteriores, além do Supremo Tribunal Federal (STF) e Tribunal Superior Eleitoral (TSE), serão protegidos com grades instaladas pelos órgãos. O esquema também terá o reforço da segurança pela PMDF e os prédios públicos contarão com segurança própria.

Reforço do policiamento

A escolta das urnas às 610 escolas, que funcionarão como locais de votação no dia do pleito, será realizada com o apoio da PMDF.

Até o término de todo processo de votação, os colégios ficarão sob monitoramento da corporação, assim como as 20 juntas de apuração e os 20 cartórios eleitorais. Eles contarão ainda com o reforço da Polícia Judicial. Todo o efetivo disponível das forças de segurança estará atuando, ou de sobreaviso, neste dia.

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) será responsável pela escolta de juízes eleitorais e promotores neste domingo.

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) estará de prontidão para atuar em situações de emergência e incêndios, caso seja necessário.

O Detran-DF atuará no controle e organização do trânsito nas proximidades de pontos de votação em todo o DF.

Todas as unidades das forças de segurança, próximas aos locais de votação, estarão com efetivo reforçado e de prontidão para atuar, caso necessário.

A Polícia Federal (PF) posicionará equipes em cada uma das zonas eleitorais para atuarem em casos de crimes.

Lei Seca

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), não há previsão de proibição do comércio de bebidas alcoólicas no dia da eleição. Cabe destacar que os órgãos de trânsito estarão atuando, em todo o DF, na fiscalização da alcoolemia ao volante.

Mais lidas
Últimas notícias