Ciclista que morreu de mal súbito era professor na rede pública do DF

Glauco Félix morreu enquanto pedalava no Morro da Oração, no Riacho Fundo. Ele lecionava matemática no Riacho Fundo I

atualizado 04/06/2021 15:25

professor glauco felixReprodução/Redes sociais

O ciclista de 55 anos vítima de parada cardiorrespiratória durante passeio na trilha do Morro da Oração, na chácara Canegaiano, no Riacho Fundo, no feriado de Corpus Christi, era professor da rede pública no Distrito Federal. A informação foi confirmada pelo Sindicato dos Professores nesta sexta-feira (4/6).

Glauco Félix lecionava matemática no CEM 01 do Riacho Fundo I, “onde deixa colegas, amigos e estudantes consternados e já saudosos pela sua tão precoce partida. Lutador em defesa da Educação pública e de um mundo justo e igualitário, a militância aguerrida de Glauco faz falta desde já para toda a categoria”, destaca o Sinpro-DF em nota de pesar.

O velório será na tarde desta sexta, na capela 1 do cemitério de Taguatinga, de 15h ás 17h. Em seguida, será o enterro.

“A diretoria colegiada do Sinpro expressa sua solidariedade à família e aos amigos neste momento de tanta dor, desejando que haja conforto para seus corações”, completa o comunicado.

0

Segundo o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), amigos que estavam pedalando junto com a vítima disseram que ele passou mal durante o exercício e teve uma parada cardiorrespiratória.

Ao chegar ao local, a equipe de socorro encontrou o ciclista caído e amparado pelos amigos que tentavam restabelecer seus sinais vitais.

Veja imagens do socorro: 

 

De imediato, os bombeiros iniciaram o protocolo de reanimação cardiopulmonar e acionaram a equipe médica do resgate aéreo. Após 55 minutos de tentativas, apesar de todos os procedimentos e esforços dos militares, a vítima não resistiu e morreu no local.

O CBMDF atendeu a ocorrência com três viaturas, uma aeronave de resgate e 13 militares. A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) foi acionada para o local.

Últimas notícias