Há 30 anos nascia o Sindjus-DF, o maior sindicato do PJU e MPU do Brasil

Entidade conta com mais de 11 mil filiados e é o responsável por capitanear várias lutas que se tornaram conquistas para a categoria

manifestacao-sindjus

atualizado 25/05/2020 11:27

Há 60 anos, Brasília nascia de um sonho. Trinta anos atrás, em 25 de maio de 1990, outro sonho dava origem ao Sindjus-DF. O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário e do Ministério Público teve o seu embrião gestado a partir da introdução da Constituição Federal de 1988 no nosso ordenamento jurídico.

Depois de um longo período de ditadura, o País voltava a experimentar a democracia. A nova Constituição permitia a organização sindical dos servidores. Nesse contexto, colegas de tribunais e do Ministério Público resolveram se unir em torno do sonho da criação de um sindicato forte na atuação e na representatividade. Queriam criar o maior sindicato do País.

Trinta anos depois, esse sonho está consolidado e é uma realidade.

O Sindjus-DF, com mais de 11 mil filiados, é o maior sindicato da categoria. E, de acordo com o quadro de direitos conquistados, também o melhor. Ao longo de três décadas, o Sindjus-DF foi responsável por capitanear várias lutas que se transformaram em conquistas históricas, como os três Planos de Cargos e Salários, que se tornaram lei nos anos de 1996, 2002 e 2006. O Sindicato também teve papel fundamental na conquista das recomposições salariais de 2012 e 2016.

Em todas as greves da história da categoria, a bandeira do Sindjus-DF sempre esteve hasteada, à frente, abrindo caminho.

Conquistas como 11,98%, GAJ e GAMPU, GAE e GAS, Adicional de Qualificação, Gratificação de Perícia, pagamento e manutenção definitiva dos Quintos e o reconhecimento judicial de vários direitos são frutos da atuação do Sindjus-DF.

0

Ao longo dessa trajetória, o Sindicato foi passando por algumas transformações, sendo a mais importante, em 2015, quando a eleição de uma nova Diretoria começou o processo de desaparelhamento político partidário da entidade. Tal mudança trouxe a categoria de volta para o Sindicato, possibilitando a construção, naquele ano, da maior greve da nossa história.

Ao longo de praticamente seis meses, milhares e milhares de servidores se reuniam em atos, marchas, assembleias, e trabalhavam incansavelmente dentro do Congresso Nacional. Primeiramente pela aprovação da recomposição das perdas salariais e depois pela derrubada do veto presidencial a essa mesma recomposição. Os Três Poderes e a sociedade testemunharam a bravura, a resistência, a solidariedade da nossa categoria e o renascimento do Sindjus-DF.

Ainda naquele ano de 2015 começou uma das batalhas mais emblemáticas da nossa trajetória: a Saga dos Quintos, que só terminou no final de 2019, com uma vitória histórica no STF para coroar de êxito o trabalho desenvolvido pelo Sindjus-DF e entregar definitivamente esse direito à categoria.

Em 2018, a imensa maioria dos filiados decidiu eleger uma Diretoria apartidária, sem vínculos partidários ou interesses políticos, compromissada exclusivamente com a categoria. Consolidou-se assim os esforços por um Sindjus-DF independente, que voltou a ter a confiança dos servidores e a ser digno do sonho de sua fundação, nascido para defender os interesses da categoria e pautado pela unidade.

A nova Diretoria promoveu uma união inédita entre Sindicato e Associações, criando uma frente conjunta de atuação em defesa da categoria, demonstrando que a união faz a força. Tal frente atuou incisivamente pela manutenção dos Quintos, contra a Reforma da Previdência e pelo reconhecimento definitivo dos 13,23%.

A atuação do Sindjus-DF se pauta na defesa dos servidores e de um serviço público forte e de qualidade para a população. Ao trabalhar continuamente pela organização e valorização da categoria, o Sindjus-DF tem contribuído valorosamente para levar serviços públicos de qualidade e benefícios à população brasileira, possibilitando uma prestação jurisdicional mais célere, amplo acesso ao Judiciário, justiça social, dignidade e cidadania, combate à corrupção e proteção aos direitos dos cidadãos, em especial daqueles que mais necessitam.

Na defesa dos servidores, lutamos por melhorias salariais, manutenção dos direitos, ampliação das conquistas, condições de trabalho decentes, saúde do servidor, melhor qualidade de vida, inclusão, enfim, uma pauta ampla, transparente e democrática.

O Sindjus-DF continua se reinventando, se modernizando, se atualizando para continuar sendo o maior e melhor Sindicato de Servidores do Poder Judiciário e do Ministério Público da União de todo o Brasil.

O Sindicato agradece a todos os que contribuíram com essa história, cuja continuidade se dá por meio de novas conquistas e trabalho intenso da categoria pela manutenção dos direitos dos servidores e da população de um modo geral.

Parabéns Sindjus-DF pelos seus trinta anos de história em defesa do serviço público e dos servidores do Poder Judiciário e do MPU.

Últimas notícias