Polícia Civil: governo do Rio autoriza edital para 60 vagas de perito

Governador do estado, Wilson Witzel (PSC) já tinha dado o aval para a seleção de outros cargos

JOSE LUCENA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOJOSE LUCENA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

atualizado 19/08/2019 23:22

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC-RJ), autorizou a Polícia Civil do estado a abrir novo edital de concurso público, com 60 vagas para o cargo de perito criminal. O governo já tinha dado o aval para editais reservados aos cargos de inspetor, delegado, perito legista, investigador, técnico e auxiliar de necropsia.

Witzel admitiu que a polícia está desestruturada, e o efetivo está em um terço do que deveria. O Sindicato dos Policiais Civis do Rio de Janeiro (Sindpol) alegou que o estado conta com apenas 9 mil agentes na ativa, dos quais 2.500 já cumprem os requisitos para aposentadoria. O ideal, previsto em legislação, seriam 23.800 cargos preenchidos.

A etapa de cotação de preços junto às bancas interessadas em organizar o certame foi encerrada e oito empresas apresentaram propostas. Segundo a Academia de Polícia do Rio (Acadepol), dois processos licitatórios estão tramitando, sendo um para delegado e o outro para os demais cargos.

Os salários variam de R$ 4.743,72 a R$ 18.747,95. O certame será composto por cinco etapas, sendo a primeira as provas objetivas, seguida pelas provas discursiva, oral, exame psicotécnico e prova de capacidade física.

Últimas notícias