Por Ilca Maria Estevão, Rebeca Ligabue, Hebert Madeira e Sabrina Pessoa

Swipe Bag: conheça a bolsa que chamou atenção no street style do último PFW

O acessório moderno e minimalista é da marca francesa Coperni e tem uma inspiração curiosa por trás, baseada na tecnologia

atualizado 14/10/2020 10:42

Amina Muaddi com a bolsa Swipe Bag, da CoperniChristian Vierig/Getty Images

Alerta de it bag! Durante a última Semana de Moda de Paris, que ocorreu entre o fim de setembro e o início deste mês, um acessório específico fez sucesso nas ruas da capital francesa. Em relação a edições anteriores, obviamente, o movimento da fashion week parisiense foi menor, devido à pandemia de Covid-19. Ainda assim, uma bolsa em especial se destacou no street style: a Swipe Bag, da grife francesa Coperni, que tem um design minimalista e moderno.

Vem comigo conhecê-la!

Giphy/Coperni/Divulgação

Sucesso no street style

Admirada por personalidades como Dua Lipa e Gigi Hadid, a Coperni foi responsável por dar início à programação física da última edição do evento, com um desfile no terraço da Torre Montparnasse, arranha-céu mais alto de Paris. No dia do show, em 29 de setembro, especialmente, a Swipe Bag foi vista nos ombros e mãos de diversas profissionais da indústria durante a movimentação do calendário.

Com alça ovalada e design estruturado, a bolsa tem dois zíperes que abrem ao longo da alça. Versátil, o acessório cai bem em diversas ocasiões e está disponível em três tamanhos. Nas ruas parisienses, as variações chamaram atenção: o tamanho Mini Swipe; a Swipe, que tem formato tote e é a maior opção; e a Baguette Swipe, com shape mais alongado no sentido horizontal.

Fabricado na Itália, o modelo é todo feito em couro de bezerro e inclui um bolso interno. Para a marca, a peça é contemporânea e um acessório statement. “A Swipe Bag pode conter mais do que apenas as necessidades básicas. Com seu tamanho prático, formato curvilíneo e toque leve, este elegante must-have irá levá-la perfeitamente do dia à noite”, descreve o site oficial da Coperni.

Durante o Paris Fashion Week, a peça adornou looks com uma pegada casual-chique, deu tom a visuais monocromáticos, complementou composições com casacos de couro e alfaiataria, e não deixou a desejar nas combinações com um ar mais esportivo. Entre as personalidades notáveis que elegeram a bolsa estão a designer de calçados Amina Muaddi e a atriz Maisie Williams, conhecida pela atuação na série Game of Thrones.

Amina Muaddi com a bolsa Swipe Bag, da Coperni
Amina Muaddi elegeu um look discreto, complementado por uma Baguette Swipe Bag

 

Maisie Williams com a bolsa Swipe Bag, da Coperni
A de Maisie Williams complementa as cores do visual, trabalhado no couro

 

Chloe Lecaurex com a bolsa Swipe Bag, da Coperni
Chloe Lecaurex recorreu ao truque clássico de combinar a bolsa com a cor do sapato

 

Camille Charriere com a bolsa Swipe Bag, da Coperni
Mais couro no visual de Camille Charriere

 

Tamara Kalinic com a bolsa Swipe Bag, da Coperni
Aqui, Tamara Kalinic combina a bolsa com o colete

 

Convidada com a bolsa Swipe Bag, da Coperni
A bolsa funcionou até mesmo neste look, com um ar mais esportivo-industrial

 

Xenia Adonts com a bolsa Swipe Bag, da Coperni
Xenia Adonts adotou uma versão mais discreta, em preto e no tamanho mini, unindo ao sapato e à máscara

 

Bilal Hassani com a bolsa Swipe Bag, da Coperni
Visual casual de Bilal Hassani

 

Inspiração tecnológica

Uma parte marcante no DNA da marca francesa, a tecnologia foi um pilar importante do desfile de primavera/verão 2021.  Nas roupas para a próxima temporada, a etiqueta aposta em um tecido antibacteriano que inclui proteção contra raios ultravioleta e até uma tecnologia hidratante. O design da própria Swipe Bag faz um aceno ao mundo digital: é uma referência à função “deslize para desbloquear” dos iPhones.

“A tecnologia que amamos, e na qual acreditamos, existe para apoiar nossas vidas diárias, nossos corpos, naquilo que eles vivenciam. Nunca substituirá a experiência real. O show é exatamente sobre isso. É uma questão de autenticidade, é compartilhar um momento no aqui e agora”, escreveram os fundadores da marca, Arnaud Vaillant (CEO) e Sébastien Meyer (diretor criativo), no Instagram.

Vale destacar que outras bolsas da marca têm inspirações digitais: a Wifi Bag, por exemplo, tem o formato triangular característico do símbolo da internet sem fio, com um acolchoado que imita as ondas. A App Bag, embora seja usada em forma de losango, é inspirada no design quadrado com pontas arredondadas dos aplicativos de iOS.

Com a coleção spring/summer 2021, a marca lançará a bolsa Bluetooth, que remete no símbolo da tecnologia de compartilhamento de dados sem fio. Apesar das referências, a marca toma o cuidado de não levar tudo ao pé da letra. “Queremos roupas chiques com elementos tecnológicos surpreendentes, e não algo com aparência de gadget”, contou Meyer à edição britânica da Vogue.

Swipe Bag, da marca Coperni
Swipe Bag, a versão maior da bolsa que chamou atenção no street style do PFW

 

Mini Swipe Bag, da marca Coperni
Esta é a versão Mini Swipe

 

Baguette Swipe Bag, da marca Coperni
O modelo Baguette é mais alongado no sentido horizontal

 

Modelo no desfile de primavera/verão 2021 da marca Coperni
Na coleção primavera/verão 2021, desfilada recentemente, a bolsa ganhou versões com textura, cores vibrantes, como laranja e verde-água, e um modelo micro da versão Baguette

 

Wifi Bag, da marca Coperni
A Wifi Bag, outra bolsa com inspiração tecnológica, remete ao símbolo de wi-fi, com direito a detalhes acolchoados que imitam as ondas

 

App Bag, da marca Coperni
A App Bag, usada como um losango, é uma referência ao formato quadrado dos aplicativos de iOS

 

Bluetooth Bag, da marca Coperni
Sabe o símbolo com formato da letra B, do Bluetooth? Ele inspira uma bolsa que será lançada na próxima temporada, levando o nome da tecnologia de compartilhamento sem fio

 

Fundadores da marca Coperni
Na foto, o casal Arnaud Vaillant (CEO) e Sébastien Meyer (diretor criativo), fundadores da Coperni. Eles se conheceram em 2009 enquanto estudavam na escola Mod’Art International, em Paris

 

Sobre a marca

Vaillant e Meyer são um casal e lançaram a Coperni em 2013, em Paris. Arnaud Vaillant acumulou cinco anos de experiência na Balenciaga e na Chanel, enquanto Sébastien Meyer realizou diversos projetos de design antes de fundar a etiqueta.

Entre 2015 e 2017, ambos assumiram a direção criativa de outra empresa, a Courrèges. A label, então, passou por um hiato breve e foi relançada em 2018. Além das roupas e dos designs inovadores de bolsas, as peças são destaque pelos preços mais acessíveis, em comparação às demais etiquetas do segmento de luxo.

Querida entre as gerações Y e Z, a grife foi batizada em homenagem ao astrônomo e matemático polonês Nicolau Copérnico, responsável pela teoria de que o Sol ocupa o centro do universo. No trabalho da grife, o centro é a mulher e o seu corpo, explicaram os designers à Vogue UK.

Em 2015, o casal de estilistas franceses, formados pela escola Mod’Art International, marcou presença entre os finalistas do prestigiado Prêmio LVMH. Além disso, a Coperni venceu o Creative Label Prize do Prêmio Andam em 2014 e foi finalista da edição de 2019.


Colaborou Hebert Madeira

Últimas notícias