Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

PTB filiará mais um deputado bolsonarista investigado no STF

No vídeo que anuncia sua filiação, Otoni de Paula diz que escolheu PTB por ser um "refúgio dos conservadores"

atualizado 25/01/2022 22:28

Reprodução/Facebook

O PTB receberá mais um deputado investigado pelo STF, o bolsonarista Otoni de Paula. Ainda filiado ao PSC, Otoni gravou um vídeo com a presidente nacional do PTB, Graciela Nienov, para anunciar a filiação à sigla, que chamou de “refúgio dos conservadores”.

Investigado pelo STF no inquérito dos atos antidemocráticos, Otoni foi apontado como um dos organizadores das manifestações de 7 de setembro com pautas antidemocráticas. Em agosto do ano passado, Alexandre de Moraes determinou um bloqueio integral das redes sociais do parlamentar, que segue até hoje.

Após negociações no PSC, Otoni será liberado para ir para o PTB antes da janela partidária. No vídeo em que anuncia sua filiação, o deputado agradece a Nienov e a Roberto Jefferson pela oportunidade de poder ingressar num “partido sério, honesto, correto e sem medo de lutar”.

Em dezembro de 2021, após ser liberado da prisão pelo ministro do STF Alexandre de Moraes, o deputado Daniel Silveira também se filiou ao PTB de Roberto Jefferson, outro alvo do STF.

Nesta segunda-feira (24/1), Jefferson passou a cumprir pena em regime domiciliar, depois de cinco meses preso acusado de integrar uma organização criminosa digital.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna