metropoles.com

Arma futurista antidrone usada na posse estava com mira ao contrário

A arma teria, supostamente, conseguido controlar quatro drones, apesar de o conjunto da mira estar montado para o lado oposto

atualizado

Compartilhar notícia

Igo Estrela/Metrópoles
Arma antidrone usada por agente da PF
1 de 1 Arma antidrone usada por agente da PF - Foto: Igo Estrela/Metrópoles

A arma antidrone usada pela Polícia Federal na posse de Lula (PT) como presidente da República chamou atenção pelo formato futurista. Mas um detalhe que passou despercebido pelas multidões foi identificado por quem entende do assunto: a mira estava ao contrário.

O fato de a mira ter sido montada do lado errado não atrapalha necessariamente o funcionamento dar arma, que teria, supostamente, conseguido desativar quatro drones ilegais que sobrevoavam a área da Esplanada dos Ministérios. Porém, as imagens do servidor da PF segurando o artefato circularam o mundo e o detalhe virou motivo de chacota.

Até um perfil internacional no Instagram especializado em armas comentou o assunto. Veja:

0

A DroneGun Tactical foi adquirida pela Secretaria da Administração Penitenciária de São Paulo (SAP) para impedir a aproximação de drones em presídios. A arma foi emprestada à PF para a super operação de segurança no dia da posse presidencial.

A arma de origem australiana intercepta e controla drones imediatamente, podendo até fazê-lo voltar ao local de onde decolou.

Vídeo mostra como funciona a arma antidrone.

Assista:

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações