metropoles.com

Graciele Lacerda tem vitória contra filho de Zezé Di Camargo

A coluna descobriu que, em nova decisão, a Justiça determinou que, além de Amabylle Eiroa, Igor Camargo também não pode falar da madrasta

atualizado

Compartilhar notícia

Reprodução
Igor Camargo, Amabylle Eiroa e Graciele Lacerda
1 de 1 Igor Camargo, Amabylle Eiroa e Graciele Lacerda - Foto: Reprodução

Graciele Lacerda teve mais uma vitória na briga contra Amabylle Eiroa Feitosa e Igor Godoi Camargo. Isso porque, agora, além da nora de Zezé Di Camargo, o caçula do cantor também foi obrigado pela Justiça a não falar mais da influenciadora e do pai nas redes sociais, além de apagar os vídeos e comentários em que ataca o casal.

“Assim, a fim de evitar a continuidade da discussão sobre os fatos em investigação nas redes sociais, estendo a decisão de fls. 229-231 para o marido da investigada, sr. Igor Godói Camargo, com a ressalva apenas de que o não cumprimento da medida imposta poderá implicar a responsabilização por crime de desobediência”, diz um trecho da decisão obtida pela coluna.

Em nota enviada com exclusividade à coluna Fábia Oliveira, a equipe jurídica de Graciele Lacerda e Zezé, Matheus Pupo e João Mazzieiro, informou que a decisão “trata-se de procedimento criminal que apura possíveis condutas ilícitas de Amabylle Eiroa Feitosa, Igor Godoi Camargo e Jonatas Lucena Pereira, cuja tramitação está acobertada pelo segredo de Justiça, razão pela qual seu conteúdo não poderá ser revelado”.

0

Segundo os advogados, a Justiça vem reconhecendo que “Zezé Di Camargo e Graciele Lacerda são vítimas de uma ilícita campanha difamatória promovida nas redes sociais”.

E completaram: “Por fim, ao contrário do que a grande mídia tem divulgado, não existe nenhuma ação judicial promovida por Amabylle Eiroa Feitosa, Igor Godoi Camargo e/ou Wanessa Godoi Camargo contra Graciele Lacerda”.

Na decisão imposta a Amabylle Eiroa Feitosa, Igor Godoi Camargo e ao advogado Jonatas Lucena Pereira, a Justiça determinou que eles devem:

“Absterem-se de realizar publicações/comentários em suas postagens em todas as redes sociais sobre o assunto envolvendo a vítima Graciele e seu companheiro Zezé Di Camargo”; absterem-se de dar entrevistas a qualquer canal televisivo/programa, podcast, jornais, revistas e similares, sobre o assunto envolvendo a vítima Graciele e seu companheiro Zezé Di Camargo; excluírem todas as postagens e comentários já realizados direcionados à vítima Graciele e seu companheiro Zezé Di Camargo ou com marcações diretas aos seus perfis em todas as redes sociais”.

O não cumprimento da medida, pode levar ao crime de desobediência e até a prisão preventiva.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comFábia Oliveira

Você quer ficar por dentro da coluna Fábia Oliveira e receber notificações em tempo real?