Carros em uma velocidade e precisão que você ainda não viu.

Carros e recall: quantidade de modelos afetados em 2020 cresce 6,8%

O ano marcado pela pandemia também registrou alta de 4% na quantia de montadoras envolvidas; já as campanhas monitoradas caíram 21,3% 

atualizado 23/02/2021 9:42

Foto: transitolivre.org

Levantamento do Papa Recall, aplicativo que monitora o chamamento obrigatório de automóveis às concessionárias para consertos ou correções, constata que o airbag foi a principal razão para o fenômeno no ano passado. Ele foi responsável por 19 campanhas, envolvendo 58 modelos. O segundo tema mais recorrente foi combustível, com 13 chamamentos para 29 modelos. Freio, software e transmissão completam o pódio – cada um com 8 campanhas.

No geral, houve alta de 4% em montadoras envolvidas em recalls – com 6,8% modelos afetados. A montadora campeã de recalls do ano foi a Mercedes-Benz, com 15 chamamentos ao longo do período. 

Além disso, a montadora alemã foi a que teve o modelo com mais campanhas – o AMG G 63, com quatro convocações para portas dianteiras, turbocompressor, módulo de travamento diferencial dianteiro e traseiro e trava de segurança infantil de portas traseiras.

Recall é a forma pela qual um fornecedor ou fabricante vem a público informar que seu produto ou serviço apresenta riscos aos consumidores. As razões devem ser logo esclarecidas; o produto, recolhido; e a solução imediatamente apresentada.

As montadoras Hyundai CAOA, Jaguar, Kia e Suzuki se destacaram com zero recalls em 2020. E, dos vinte carros mais vendidos do Brasil, dez não tiveram nenhum chamamento de recall: Ônix e Ônix Plus, Argo, Strada, Compass, Kwid, Corolla, Kicks, HR-V e Hilux.

No total, foram 85 campanhas monitoradas, 26 montadoras envolvidas e 205 modelos afetados, no ano passado.

E 2021 já começou com mais. A Ford, por exemplo, inicia nesta quinta-feira (25) um conserto para o modelo Territory no Brasil. O problema está no conversor catalítico do sistema de escapamento – que, “em caso de oscilação dos gases”, os níveis de emissões atmosféricas podem não atender aos limites previstos”.

O Papa Recall informa e alerta os motoristas a respeito desta importante questão no setor automotivo. Ele funciona de forma simples: o usuário faz odownload em seu smartphone, cadastra seu carro e automaticamente será informado se há recall pendente ou se a montadora fizer o chamamento do modelo e versão do seu automóvel. 

Últimas notícias