*
 
 

Quase dois meses após o início do período permitido para financiamento coletivo on-line, o senador e pré-candidato à reeleição Cristovam Buarque (PPS) decidiu arriscar e lançará uma vaquinha virtual. O parlamentar pretende arrecadar verba para financiar seu projeto de continuar no Congresso Nacional.

Ao Metrópoles, Cristovam disse querer “testar” o mecanismo permitido pela primeira vez nas eleições gerais. “É um caminho moderno, democrático e transparente, pois a fonte de todo dinheiro que entra é pública. Vamos ver o resultado”, declarou.

Regulamentada pela reforma eleitoral de 2017, a modalidade do crowdfunding teve o início autorizado pelo TSE em 15 de maio. Com a alteração da norma, restaram proibidas as doações de pessoa jurídica aos políticos, a principal fonte de recursos – e de repasses ilícitos – de grandes campanhas eleitorais.

Divulgação

O senador divulgou o início do financiamento coletivo nas redes sociais



 


eleições 2018Cristovam Buarquevaquinha virtual