*
 
 

Conhecido no meio jurídico, em especial por ter concorrido ao comando da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-DF), Paulo Roque afirmou à coluna nesta quarta-feira (4/7) que estará distante da campanha deste ano pela sucessão da gestão de Juliano Costa Couto. Pré-candidato ao Senado Federal pelo Partido Novo, o advogado desautorizou a utilização do seu nome com possível apoio para algumas das candidaturas já postas até agora.

“A única campanha a qual estou ligado agora é a minha, como pré-candidato ao Senado. Não estou participando de nenhum grupo da OAB e não apoio nenhum nome atual pelo comando da entidade. Eu tenho palavra e eu disse que não vou participar, nem antes e nem depois das eleições majoritárias”, garantiu.

 

 

 



 


oabPartido NovoPaulo RoqueEleições da OAB-DF