Covid-19: servidores do Banco do Brasil temem fim do teletrabalho

Em Brasília, há prédios do BB que abrigam mais de 6 mil servidores. Preocupação aumentou após declarações do presidente da instituição

Michael Melo/Metrópoles

atualizado 26/03/2020 18:35

Servidores do Banco do Brasil (BB) em Brasília estão preocupados com o possível encerramento do trabalho remoto na instituição. Circula entre os funcionários a informação de que todos terão que voltar a cumprir expediente presencialmente na próxima segunda-feira (30/03). Na capital do país, há prédios do BB que abrigam mais de 6 mil servidores.

O presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, criticou o isolamento social adotado diante da pandemia do novo coronavírus. “Muita bobagem é feita e dita, inclusive por economistas, por julgarem que a vida tem valor infinito. O vírus tem que ser balanceado com a atividade econômica”, afirmou em um grupo de WhastApp, de acordo com a Folha de S.Paulo.

A assessoria de imprensa do banco, no entanto, nega alterações nas orientações da instituição a respeito da pandemia de coronavírus e afirma que os servidores em home office continuarão trabalhando remotamente.

Últimas notícias