Cadela é resgatada após viver oito anos acorrentada em Portugal

Kitty foi encontrada triste e doente em uma propriedade abandonada na Ilha da Madeira

REPRODUÇÃO/INSTAGRAMREPRODUÇÃO/INSTAGRAM

atualizado 30/09/2019 14:29

Depois de oito anos acorrentada, uma cadela da raça São Bernardo foi resgatada. O animal foi encontrado em uma propriedade abandonada na Ilha da Madeira, em Portugal.

A ONG Ajuda a Alimentar Cães, que atua no arquipélago português, foi a responsável pela ação, com o auxilio da polícia local.

A situação em que Kitty foi encontrada gerou muita tristeza. Ela foi localizada acorrentada à uma árvore, claramente fraca e doente, e até tentou latir com a chegada da equipe, mas não conseguiu, devido à tosse.

A cadela foi levada para o Hospital Veterinário da Madeira, onde foi diagnosticada com febre e dirofilariose – também conhecida como verme do coração.

Kitty está tendo todos os cuidados necessários. Ela foi tosada, tomou banho e ficará em tratamento no hospital.

O Instagram da instituição está compartilhando toda a evolução da cadelinha e aceita doações para continuar seu trabalho.

View this post on Instagram

Oito anos presa. Oito anos sem saber o que é a liberdade. Foi comprada há oito anos. Chama-se Kitty e é uma São Bernardo. Foi encontrada acorrentada a uma árvore numa propriedade onde não mora ninguém. Está muito doente. Tentou ladrar mas não consegue porque começa a tossir. A tristeza no olhar desta menina é devastador, parece que implora por ajuda. A Associação Ajuda a Alimentar Cães foi ao local e com o apoio da PSP conseguimos resgatar a Kitty. Às vezes agimos sem pensar. Conseguimos resgatar a Kitty mas não temos como a tratar. Foi transportada para o Hospital Veterinário da Madeira mas é tudo muito caro. As análises e os tratamentos serão impossíveis de suportar sem o vosso apoio. Custa-nos tocar no corpo da Kitty, o pêlo disfarça os ossinhos. Está muito magra e com poucas forças. E custa-nos saber que sozinhas não a vamos conseguir salvar. A Kitty agora é nossa. Nossa e vossa. E precisamos de nos unir novamente para salvarmos mais uma vida. Não vamos permitir que mais ninguém acorrente ou maltrate a Kitty. Nunca mais. Mas precisamos que vocês não permitam que a Kitty fique sem tratamento. Pedimos um donativo, um pequeno donativo para darmos autorização ao Hospital para fazerem qualquer tratamento necessário por favor. Todo o resgate da Kitty daqui a uma hora na história do dia no nosso Instagram. Dados da Associação Ajuda a Alimentar Cães para transferência bancária: NIB: 0010 0000 5209 0190 0019 1 IBAN: PT 50 0010 0000 5209 0190 0019 1 Paypal: https://www.paypal.me/ajudaaalimentarcaes

A post shared by Ajuda a Alimentar Cães (@ajudaaalimentarcaes) on

SOBRE O AUTOR
Fernanda Suassuna

Graduanda de jornalismo no Centro Universitário de Brasília (UniCeub), atuou como repórter na Agência de Notícias UniCeub. Atualmente, está como estagiária na editoria de Vida & Estilo.

Últimas notícias