Um dia antes de se casar, médico morre eletrocutado em sessão de fotos

Vítima fazia sessão de fotos com noiva um dia antes do casamento quando anzol de pesca que tinha nas mãos ficou preso em cabo de energia

atualizado 30/07/2021 12:22

Médico morreu eletrocutado um dia antes do casamentoReprodução/G1

Denis Ricardo Faria Gurgel, de 31 anos, morreu na quinta-feira (29/7) após levar um choque durante uma sessão de fotos com a noiva às margens de uma represa, na zona rural de Cariri do Tocantins. O casamento aconteceria nesta sexta-feira.

Segundo relatos, o Corpo de Bombeiros encontrou Denis já caído no chão e sem vida. O casal estava fazendo uma sessão de fotos com varas de pesca e, ao arremessar, o anzol da vítima ficou preso em um fio de energia. As informações são do G1.

O médico, então, tentou retirar o anzol colocando as duas mãos no fio, momento em que levou o choque.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado, mas o homem já estava morto. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o fio que provocou o choque estava sem camada de proteção em alguns pontos.

Denis era servidor da Secretaria Municipal de Saúde de Gurupi, onde trabalhava no Centro de Triagem de Covid.

Últimas notícias