Bolsonaro diz que “há chance” de Brasil comprar diesel da Rússia

Se confirmada, medida iria na contramão de vários países que adotaram sanções contra o país em razão do conflito com a Ucrânia

atualizado 27/06/2022 21:41

Presidente Jair Bolsonaro discursandoRafaela Felicciano/Metrópoles

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse nesta segunda-feira (27/6) que existe uma “chance” de o Brasil comprar diesel da Rússia. Se confirmada, a medida iria na contramão de vários países que têm adotado uma série de sanções contra os russos — como o embargo a importações de petróleo e derivados — em razão do conflito com a Ucrânia, que já dura quatro meses.

Durante conversa com apoiadores, no Palácio da Alvorada, o chefe do Executivo federal comentou a conversa por telefone que teve com o presidente russo, Vladimir Putin, nesta segunda (leia sobre o telefonema mais abaixo). Segundo ele, foram tratados de temas como segurança alimentar e energética e a aquisição de combustível.

“Conversei com o presidente Putin hoje, da Rússia. Trocas comerciais entre nós. Temos aí a segurança alimentar e a segurança energética. Então, há chance de comprarmos diesel de lá. Fica, com toda certeza, um preço mais em conta”, afirmou.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
0

Entenda

O diesel está com alta demanda no mercado internacional. No Brasil, o combustível atingiu o maior valor da série histórica, iniciada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) em 2004.

O Brasil é considerado estruturalmente “deficitário” em óleo diesel. No ano passado, por exemplo, quase 30% da demanda total do país veio de fora. 

De acordo com representantes do setor ouvidos pelo Metrópoles, há risco de desabastecimento no Brasil caso não haja sinais de que o preço do mercado será mantido. A crise, inclusive, aconteceria durante o momento de maior exportação de grãos, entre junho e julho, o que poderia agravar a dimensão dos problemas que se avizinham.

Historicamente, o consumo de diesel é mais alto no segundo semestre em razão das sazonalidades das atividades agrícola e industrial. Segundo fontes do governo, o Ministério de Minas e Energia já trabalha com a expectativa de que o consumo do combustível neste ano supere a quantidade consumida em 2021.

O comitê de campanha do presidente Jair Bolsonaro considera a pauta prioritária em um cenário em que o mandatário da República trabalha para ser reeleito. 

Conversa com Putin

A conversa entre os dois chefes de Estado não foi comunicada oficialmente pelo governo brasileiro. O telefonema não estava na agenda oficial de Bolsonaro prevista para esta segunda-feira.

O Kremlin se manifestou sobre o encontro e disse que o telefonema foi acordado durante a recente cúpula do Brics, realizada em formato virtual na semana passada.

“Os problemas da segurança alimentar global são considerados em detalhes. O presidente da Rússia fez uma avaliação detalhada das causas da difícil situação do mercado mundial de produtos agrícolas e fertilizantes. A importância de restaurar a arquitetura do livre comércio de alimentos e fertilizantes, desmoronada pelas sanções ocidentais, foi enfatizada”, afirmou o governo russo.

Putin ressaltou que a Rússia está empenhada em cumprir o compromisso de garantir o fornecimento ininterrupto de fertilizantes aos agricultores brasileiros.

Outros assuntos da agenda internacional também foram abordados, inclusive levando em conta a presidência rotativa do Brasil no Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU), a partir de 1º de julho.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias