Bolsonaro tuíta elogio de Trump a Eduardo: “Trabalho fantástico”

Presidente da República foi às redes sociais defender indicação do filho ao cargo de embaixador brasileiro nos EUA

Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agencia BrasilFabio Rodrigues Pozzebom/ Agencia Brasil

atualizado 13/07/2019 18:18

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), foi ao Twitter, na tarde deste sábado (13/07/2019), relembrar um elogio feito pelo presidente norte-americano, Donald Trump, a Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) , filho do líder brasileiro. O “filho 03” foi indicado pelo pai ao cargo de embaixador brasileiro nos Estados Unidos e tem enfrentado, principalmente nas rede social, uma série de críticas, inclusive de correligionários. Nesta tarde, porém, o chefe do Executivo brasileiro postou um vídeo de quando ele e o parlamentar estiveram no país norte-americano, em março último, e se encontraram com o magnata americano.

Na gravação, o presidente dos EUA diz que Eduardo faz um “trabalho fantástico” e o agradece por isso. Veja abaixo:

Na quinta-feira (11/07/2019), Jair Bolsonaro defendeu o nome de Eduardo para assumir a principal representação diplomática do país nos Estados Unidos. A indicação recebeu críticas sobretudo pelas ligações familiares e pela falta de experiência do deputado. Até mesmo o guru do presidente, Olavo de Carvalho, já se posicionou contrário à indicação.

Presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados, Eduardo completou 35 anos um dia antes de o pai  surgir com a ideia de embaixador – idade mínima para um brasileiro assumir representação diplomática no exterior.

Em coletiva de imprensa, o deputado disse que estaria disposto a renunciar ao cargo parlamentar se recebesse a indicação. “Acho que a sabatina é um ato preparatório para uma possível nomeação. Como está tudo na esfera da expectativa, acho que não há necessidade de sair do mandato neste momento, no máximo, talvez, uma licença.”

Para assumir a embaixada, além de abrir mão de ser deputado, o filho do presidente precisa ter o nome aprovado pelo Senado Federal.

Entenda
Ao citar os tributos que credenciariam o filho à vaga, o presidente já havia dito a jornalistas que Eduardo “é amigo dos filhos do Trump, fala inglês, fala espanhol, tem vivência muito grande de mundo”. Já o possível futuro embaixador do Brasil nos Estados Unidos, disse, nessa sexta-feira (12/07/2019), que tem o apoio do ministro Ernesto Araújo (Relações Exteriores) para assumir o posto diplomático, considerado o mais importante e disputado.

Em entrevista, Eduardo afirmou que seu nome é cogitado para a vaga não apenas por ser filho do presidente da República mas também pela sua experiência, como presidir a Comissão de Relações Exteriores da Câmara, ter feito intercâmbio e até mesmo fritado hambúrguer nos Estados Unidos.