“Me sentenciaram sem ter um julgamento”, diz Flordelis nas redes

Deputada federal afirma que muitas pessoas apareceram apenas para julgá-la. "Deixem eu chorar em paz", completou

Claudio Andrade/Câmara dos DeputadosClaudio Andrade/Câmara dos Deputados

atualizado 05/07/2019 13:14

A deputada federal Flordelis (PSD-RJ) disse, na noite dessa quinta-feira (04/07/2019), estar sendo sentenciada pela morte do seu marido sem ao menos ter sido julgada. A parlamentar, que está entre os possíveis investigados pela morte do pastor Anderson do Carmo, reforçou o pedido para que os filhos Lucas e Flávio dos Santos, se comprovado o envolvimento deles na trama, permaneçam presos.

“Que mundo é esse? Que cristianismo é esse? Já me sentenciaram sem que eu tivesse um julgamento. Acusar sem ter certeza é um ato indecente e covarde. Tem aparecido tanta gente pra me julgar, me intimidar, me desejar mal. Deixem eu chorar em paz pela perda do meu marido, meu cúmplice, meu amigo”, disse Flordelis nas redes sociais.

Sobre o possível envolvimento de Lucas e Flávio dos Santos, filhos do casal, a congressista disse que apenas aumenta a sua dor. “Se foram meus filhos os assassinos, quero que permaneçam presos, que sejam julgados e condenados. E isso só torna a minha dor ainda maior”, frisou, ao pedir à polícia para apresentar os verdadeiros culpados.

Os dois filhos da pastora estão presos desde 17 de junho, um dia após o assassinato do pastor Anderson do Carmo. Ambos são acusados de participar do crime, sendo que já teriam admitido o caso. Por fim, a parlamentar solicitou a intervenção divina no caso: “Não vou deixar de estender a mão para quem precisa, nem deixar que transformem meu coração de carne em coração de pedra”.

 

Ver essa foto no Instagram

 

✔️

Uma publicação compartilhada por Flordelis ⚜️ (@flordelismk) em

Últimas notícias