Manaus: PM apreende 45 cilindros de oxigênio em barco “Deus é Bom Demais”

Capital do Amazonas sofre com falta de oxigênio nos hospitais em função da alta de internações por Covid-19

atualizado 15/01/2021 20:02

CilindroDivulgação/PMAM

Policiais militares detiveram, na noite dessa quinta-feira (14/1), um homem de 44 anos que tentava transportar cilindros de oxigênio de forma irregular, no porto de São Raimundo, na zona oeste de Manaus (AM).

Foram apreendidos 45 cilindros, dos quais 28 continham oxigênio. A capital de Amazonas sofre com a falta do gás, sobretudo após o aumento de internações em decorrência do novo coronavírus.

A equipe foi acionada pelo Supervisor de Área (SA) com a informação de que um barco, de nome “Deus é Bom Demais”, estaria ancorado no porto do São Raimundo para transportar cilindros de oxigênio a Juruá (AM).

A equipe entrou em contato com o proprietário do barco para que comparecesse ao local com a documentação do material e confirmasse as informações necessárias, mas, chegando ao local, o homem não possuía documentos dos cilindros.

“Os cilindros foram apreendidos e inspecionados, sendo em seguida levados e distribuídos para as unidades hospitalares que necessitam do material”, informou a Secretaria de Segurança Pública de Amazonas (SSPAM). O homem recebeu voz de prisão e foi conduzido para a delegacia geral de Polícia Civil.

A ação foi realizada horas depois da apreensão de 33 cilindros de oxigênio que estavam sendo transportados em um caminhão. Um homem de 38 anos foi detido e vai responder por reter produtos para o fim de especulação.

Neste caso, os cilindros estavam sendo distribuídos paulatinamente pela empresa. O fato ocorreu nas proximidades do Sesc Amazonas. Dos 33 cilindros encontrados, 26 possuíam oxigênio.

0

Últimas notícias