PF prende “corretor das celebridades” foragido da Operação Kryptos

Michael de Souza Magno foi localizado quando trafegava pela Rodovia Presidente Dutra, na capital paulista, a bordo de um Jaguar

atualizado 12/10/2021 20:10

homem de barbaReprodução

A Polícia Federal (PF) prendeu um dos foragidos da Operação Kryptos. Michael de Souza Magno (foto em destaque), conhecido como o “corretor das celebridades”, foi localizado quando trafegava pela Rodovia Castelo Branco a bordo de um Jaguar, na tarde desta terça-feira (12/10), em São Paulo.

Michael Magno já havia sido denunciado por fraude contra o sistema financeiro nacional. O criminoso deverá ser encaminhado ao presídio. Michael ficou conhecido no eixo Rio-São Paulo por aparecer em fotos ao lado de artistas como Bruno Gagliasso e Nívea Stelmann, para os quais já teria vendido imóveis.

A Operação Kryptos coloca o corretor como um importante operador da G.A.S Consultoria Bitcoin, companhia do ex-garçom Glaidson Acácio dos Santos, conhecido como Faraó dos Bitcoins, que prometia rendimentos exorbitantes mediante investimento em criptomoedas.

Embora a investigação pontue que não há vínculo formal entre o corretor e Glaidson, Michael era, segundo a PF, ligado ao casal Tunay Pereira Lima e Marcia Pinto dos Anjos, ambos presos no mesmo dia que o ex-garçom. Michael declarou, em 2021, bens e rendimentos tributáveis de R$ 32.700, além de um patrimônio de pouco mais de R$ 293 mil.

O documento aponta que, entre novembro de 2020 e fevereiro de 2021, Michael movimentou mais de R$ 9,6 milhões em uma única conta-corrente, divididos em valores muito próximos de entrada e saída. O suspeito foi denunciado em 5 de outubro e a 3 ª Vara Federal Criminal do Rio recebeu.

Os policiais descobriram ainda notas fiscais de compras feitas por Michael em que constam o e-mail pessoal de Tunay. Além disso, ele também adquiriu duas mesas de jogos nas quais o endereço de entrega é o do próprio Glaidson.

Mais lidas
Últimas notícias