Ministério da Educação abre nesta terça-feira inscrições para o Prouni

Serão oferecidas 167.780 bolsas – 60.551 integrais e 107.229, parciais – em 1.061 instituições particulares de ensino superior

atualizado 13/07/2020 21:52

Divulgação
O Ministério da Educação (MEC) abre nesta terça-feira (14/7) as inscrições para o Programa Universidade para Todos (Prouni), que oferece bolsas de estudos integrais (100%) e parciais (50%) em instituições particulares de ensino superior. Os estudantes poderão se inscrever até sexta-feira (17/7), no portal do Prouni, em que também é possível consultar as bolsas disponíveis.
É importante destacar que, para se inscrever, é preciso utilizar o login e a senha cadastrados no acesso.gov.br, o portal de serviços do Governo Federal.
De acordo com a Secretaria de Educação Superior (Sesu) do MEC, nesta edição do programa, que é o segundo processo seletivo de 2020, foram oferecidas 167.780 bolsas em 1.061 instituições particulares de ensino superior, sendo 60.551 bolsas integrais e 107.229 bolsas parciais.
O resultado da primeira chamada deve ser divulgado em 21 de julho. Haverá ainda segunda chamada e lista de espera para os candidatos concorrerem às bolsas de estudo. O cronograma completo está no portal do Prouni.
Para concorrer às bolsas integrais, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo. Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até 3 salários mínimos por pessoa. O candidato também precisa ter realizado o último Enem e ter alcançado, no mínimo, 450 pontos de média nas notas. Além disso, o estudante não pode ter tirado zero na redação.
Os quatro estados com maior oferta de bolsas em geral são, nessa ordem: São Paulo, Bahia, Minas Gerais e Paraná. A oferta de vagas por estado podem ser conferidas aqui.

Últimas notícias