Sem citar Lula, ministro de Bolsonaro critica quem foi de jatinho à COP

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) viajou para o evento em jatinho do fundador da Qualicorp

atualizado 15/11/2022 14:52

Ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, em discurso na COP27 Reprodução/ MMA

Enviado especial a Sharm El-Sheikh – O ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, criticou nesta terça-feira (15/11), em discurso no plenário da 27ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP27), políticos que usaram jatinhos para ir ao evento.

“Filantropos, líderes e empresários e seu sempre exagerado número de assessores vieram em jatos particulares ao luxuoso balneário do Mar Vermelho para cobrar metas de redução de emissões dos outros, sugerindo carros ultramodernos a hidrogênio ou 100% elétricos, completamente desconexos da realidade de diversas regiões do Brasil e do mundo”, disse Leite.

“Os governos têm a responsabilidade de atuar nesta agenda com racionalidade sem discursos populistas e utópicos”, acrescentou ele.

O comentário é visto como uma crítica ao presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O petista viajou para Sharm El-Sheikh, no Egito, em um jato particular do empresário José Seripieri Junior, fundador da Qualicorp. Os dois são amigos há cerca de 10 anos.

Lula foi convidado para a COP27 pelo próprio presidente do Egito, Abdul Fatah Khalil Al-Sisi, e tem roubado a atenção do atual governo, que jamais deu prioridade ao evento. A comitiva do  presidente eleito tem feito reuniões com autoridades da China, dos Estados Unidos e da Alemanha, por exemplo.

No discurso, Leite também criticou governos passados que, segundo ele, “só agiam para multar, reduzir e culpar”.

“Desde 2019, trabalhamos junto com o setor privado para encontrar soluções climáticas e ambientais lucrativas para as empresas, as pessoas e a natureza. Invertemos a lógica dos governos anteriores que só agiam para multar, reduzir e culpar, este governo faz políticas para incentivar, inovar e empreender, criando assim marcos legais para uma robusta economia verde com geração de emprego e renda a todos os brasileiros”, afirmou.

Mais lidas
Últimas notícias