Mais 900 mil doses da Coronavac são entregues ao governo federal

Após envase do produto, Butantan reduziu em 700 mil a quantidade de doses disponíveis. Agora, são 4,1 milhão

atualizado 23/01/2021 11:18

Vacina CoronavacFábio Vieira/Metrópoles

São Paulo – Após a concessão da autorização para uso emergencial das doses envasadas no Brasil, o Instituto Butantan entregou ao governo federal mais 900 mil doses da Coronavac, vacina contra a Covid-19.

A primeira parte dessa nova leva, 200 mil unidades, foram encaminhadas à Secretaria de Saúde de São Paulo na sexta-feira (22/1), logo após a Anvisa liberar legalmente o produto. As outras 700 mil doses seguiram para o governo federal.

0

Há ainda 2,5 milhões de doses a serem entregues. De acordo com o instituto ligado ao governo paulista, “as demais doses serão enviadas tão logo passem por inspeção de controle de qualidade”.

A previsão inicial é de que seriam encaminhadas ao todo 4,8 milhões de unidades do composto, mas após envase, a conta foi refeita e reduzida em 700 mil doses.

Apesar da revisão, o Butantan assegura que está em dia com o cronograma firmado em contrato com o ministério. Até abril, o instituto se comprometeu a entregar 46 milhões de doses.

A campanha nacional de imunização começou no país pelo estado de São Paulo no último dia 17 com a liberação de 6 milhões de doses Coronavac. Além da vacina do Butantan, o governo federal recebeu na sexta 2 milhões de doses do imunizante produzido pela Astrazeneca com a Universidade de Oxford.

 

Últimas notícias