Fora da cadeia, Sara Winter fica noiva em Brasília. Veja fotos

Ela deixou a prisão, mas terá que usar uma tornozeleira eletrônica. A ativista é suspeita de participar de ataques contra o STF

Reprodução/Arquivo pessoal

atualizado 29/06/2020 13:10

Após deixar a prisão, a extremista Sara Winter, que está cumprindo regime domiciliar com tornozeleira, em Brasília, ficou noiva na noite desse domingo (28/06).

Ela mesma deu a notícia através do seu perfil no Twitter e disse que o casamento com Giovane Rodrigues será realizado no próximo fim de semana.

“Depois da tormenta, vem a paz. Hoje, fui oficialmente pedida em casamento e, claro, ao homem da minha vida, disse SIM. Tentaram me destruir, mas construíram uma pessoa 10 vezes mais forte. Enquanto uns babam de ódio, eu transbordo de amor. O casamento fica pro próximo fim de semana”, escreveu ela.

Veja fotos do pedido:

0

Em vídeo, Sara Winter aparece usando tornozeleira eletrônica – medida imposta para que ela deixasse a penitenciária feminina de Brasília, conhecida como Colmeia.

Winter foi presa no último dia 15 suspeita de participar de ataques contra o Supremo Tribunal Federal (STF) e, dez dias depois, ganhou o direito de cumprir prisão domiciliar.

As prisões foram decretadas pelo ministro do Supremo, Alexandre de Moraes, a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) no inquérito que apura manifestações de rua antidemocráticas.

Últimas notícias